Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/10533
Título: Licenciatura em Educação Física: percursos construídos a partir de experiências formadoras dos docentes em formação
Autor(es): PLOTEGHER, A. T.
Orientador: FIGUEIREDO, Z. C. C.
Data do documento: 5-Jul-2018
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: PLOTEGHER, A. T., Licenciatura em Educação Física: percursos construídos a partir de experiências formadoras dos docentes em formação
Resumo: O objetivo da presente pesquisa foi de compreender a formação de professores em Educação Física, por meio da análise de como se constituem as experiências formadoras adquiridas no decorrer do processo de formação inicial, bem como analisar como estas interferem nas relações entre o sujeito e a profissão professor em Educação Física. A concepção da ideia de formação se estabelece dentro do entendimento das relações sociais estabelecidas entre o próprio sujeito, os outros, o ambiente/o mundo, que respectivamente são denominadas de autoformação, heteroformação e interformação. Neste sentido, a aproximação ao problema da pesquisa e as interpretações fundamentaram-se a partir do conceito gerador do objeto do estudo, que é o entendimento das experiências formadoras (JOSSO, 2004), e o conceito de identidade profissional Dubar (2005). As opções metodológicas foram pautadas na abordagem qualitativa, pelo uso da abordagem biográfica, que é a busca da compreensão de si, expressão utilizada para entender o processo de formação humana diante daquilo que somos, fazemos e desejamos ser. Para tanto, foram utilizados como instrumento de coleta de dados a entrevista narrativa. A pesquisa empírica foi desenvolvida no curso de Licenciatura em Educação Física do CEFD/UFES, com entrada no campo pelo Seminário Articulador de Conhecimento. Foram entrevistados 12 discentes matriculados no último período do curso. Diante das análises feitas, surgiram duas sínteses, a primeira é que as experiências formadoras pré-profissionais se apresentam como referência na formação inicial, e em alguns casos como o principal filtro para legitimar a sua presença nos espaços formativos dentro da universidade. A segunda síntese é a inserção em outros espaços formativos para além do currículo prescrito, o que indica uma opção e uma escolha individual para ter, fazer e pensar sobre determinada experiência formadora e dita como algo relevante para a sua formação, ou seja, ocorre uma responsabilização do sujeito pela sua própria formação, sendo que nesses contextos foram adquiridos saberes de diferentes fontes. São nesses espaços formativos que ocorre a legitimação dos saberes adquiridos anteriormente e no decorrer da formação inicial.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/10533
Aparece nas coleções:PPGEF - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_12326_Dissertação - Andrea Tragino Plotegher.pdf1.96 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.