Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/10647
Título: Desafios das situações de trabalho num hospital universitário federal : estudo com profissionais de enfermagem da unidade de urgência e emergência
Autor(es): Gouvea, Aparecida da Conceição
Orientador: Bianco, Mônica de Fátima
Data do documento: 23-Ago-2018
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: O presente estudo teve como objetivo analisar as situações de trabalho dos profissionais de enfermagem - enfermeiros e técnicos de enfermagem - lotados na Unidade de Urgência e Emergência (UE) de um Hospital Universitário Federal situado no estado do Espírito Santo. Trata-se de uma investigação com abordagem qualitativa, realizada por meio de levantamento documental, entrevista semiestruturada e individual com 16 participantes, sendo 08 enfermeiros e 08 técnicos de enfermagem, e observação participante com geração de diário de campo por um período aproximado de 3 meses. A pesquisa teve a Ergologia como perspectiva teórico-analítica. As análises realizadas possibilitaram identificar vários desafios presentes nas situações de trabalho, destacam-se: a falta de estrutura física e de material no setor, o absenteísmo de membros da equipe de trabalho. Os resultados foram tratados por meio da análise de conteúdo, gerando as seguintes categorias a posteriori: a) Os Saberes em cheque: um desconforto intelectual; b) Os valores presentes nas atividades cotidianas; c) O uso de si envolto nas normalizações do trabalho. Concluiu-se que o trabalho está ancorado em normas e rotinas específicas, porém há desafios e situações imprevistas a serem enfrentadas pelos profissionais num meio que é sempre infiel, tais situações são contornadas pelos profissionais de enfermagem da UE fazendo uso do corpo-si, o qual está pautado, principalmente, nos saberes individuais e coletivos, saberes práticos e teóricos, e ainda nos valores que possuem ou foram compartilhados entre os pares no processo de trabalho.
The present study aimed to analyze the work situations of nursing professionals - nurses and nursing technicians - at the Emergency and Emergency Unit (UE) of a Federal University Hospital located in the state of Espírito Santo. It is a research with a qualitative approach, carried out by means of documentary survey, semi-structured and individual interview with 16 participants, being 08 nurses and 08 nursing technicians, and participant observation with generation of field diary for a period of approximately 3 months. The research had Ergology as a theoretical-analytical perspective. The analyzes made possible to identify several challenges present in work situations, such as lack of physical structure and material in the sector, absenteeism of work team members. The results were treated through content analysis, generating the following categories a posteriori: a) Knowledge in check: an intellectual discomfort; b) The values present in daily activities; c) The use of self-wrapped in the normalizations of the work. It was concluded that the work is anchored in specific norms and routines, but there are challenges and unforeseen situations to be faced by professionals in an environment that is always unfaithful, such situations are circumvented by the nursing professionals of the EU making use of the body-self, the which is based mainly on individual and collective knowledge, practical and theoretical knowledge, and also on the values that have or were shared among the peers in the work process.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/10647
Aparece nas coleções:PPGADM - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_12396_Dissertação Cida v revisada (pos defesa) 26-11 - Copia 2.pdf1.66 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.