Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/10661
Título: Efeito da urbanização nas características geoquímicas da Laguna de Carapebus, Serra/ES
Autor(es): Silva, Nínive Soares
Orientador: Lima, Ana Teresa Macas
Coorientador: Barroso, Gilberto Fonseca
Data do documento: 25-Jun-2018
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: As ICOLLs são extremamente sensíveis à intervenção humana, especialmente em relação ao estresse associado ao incremento de nutrientes e contaminantes. Assim, elementos traço e principais (medidos por ICP-MS e XRF), matéria orgânica, carbono orgânico total, razão C/N, nitrogênio total, enxofre total e fósforo foram determinados em um testemunho de sedimento da Laguna de Carapebus, Serra, ES, Brasil, com o objetivo de identificar influências antrópicas significativas associadas a evolução do uso da terra na bacia hidrográfica desta ICOLL urbanizada. Esta laguna sofreu uma transição na origem do sedimento depositado que motivou uma mudança em sua hidrodinâmica. Os resultados de razão C/N indicaram que num primeiro momento o sedimento depositado derivava especialmente de plâncton, em seguida a fonte principal era plantas de plantas superiores, condizente com o grande desmatamento ocorrido na bacia, por fim, a laguna passou a ser fortemente influenciada pela descarga de esgoto doméstico. Quanto a hidrodinâmica, o crescimento urbano desordenado na bacia motivou o fechamento mais frequente da barra da laguna, que atualmente é aberta de forma mecânica para evitar inundações em períodos chuvosos. Essa transição foi acompanhada por descargas de esgoto não tratado levando a um enriquecimento orgânico e metálico nos últimos anos. Os elementos que apresentaram incremento nos últimos anos foram Ag (máx. 1,44 mg.kg-1), Cd (máx. 0,42 mg.kg-1), Cr (máx. 60,78 mg.kg-1), Cu (máx. 22,32 mg.kg-1), Pb (máx. 3,73 mg.kg-1), Se (máx. 12,93 mg.kg-1) e Zn (máx. 41,24 mg.kg-1). Sendo assim, este estudo alerta para mudanças químicas e físicas nas ICOLLs derivadas do desmatamento e urbanização.
ICOLLs are extremely sensitive to human intervention especially in relation to stress associated with the enrichment of nutrients and contaminants. Thus, trace and major elements (measured by ICP-MS and XRF), organic matter, total organic carbon, C/N ratio, total nitrogen, total sulfur and phosphorus were determined on a sediment core from the Carapebus lagoon, Serra, ES, Brazil, aiming to identify significant anthropogenic influences associated with the evolution of land use in the hydrographic basin of this urbanized ICOLL. This lagoon has undergone a transition in the origin of deposited sediment that motivated a change in its hydrodynamics. The C/N ratio results indicated that the deposited sediment was mainly derived from plankton at a first moment, then the main source was plants of higher plants, consistent with the large deforestation that occurred in the basin, finally the lagoon became heavily influenced by the discharge of domestic sewage. As for hydrodynamics, the disordered urban growth in the basin motivated the more frequent closure of the lagoon bar, which is currently open mechanically to avoid flooding during rainy periods. That transition was accompanied by untreated sewage discharge leading to an organic and metal enrichment in recent years. Elements that showed an increment in recent years were Ag (max. 1.44 mg.kg-1 ), Cd (max. 0.42 mg.kg-1 ), Cr (max. 60.78 mg.kg-1 ), Cu (max. 22.32 mg.kg-1 ), Pb (max. 3.73 mg.kg-1 ), Se (max. 12.93 mg.kg-1 ) and Zn (max. 41.24 mg.kg-1 ). Thus, this study alerts to chemical and physical changes in ICOLLs derived from deforestation and urbanization.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/10661
Aparece nas coleções:PPGOAM - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_12584_Dissertação_Ninive.pdf1.51 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.