Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/10688
Título: Análise da influência do diafragma externo na ligação entre viga de seção I e pilar tubular de seção circular
Autor(es): Orrico, Ana Carolina Scampini Rangel
Orientador: Azevedo, Macksuel Soares de
Data do documento: 9-Ago-2018
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: O uso do diafragma externo na ligação entre viga de seção I e pilar tubular de seção circular tem por objetivo o aumento na eficácia da transferência dos esforços entre estes elementos. O estudo dos diafragmas teve início na década de 1970, no Japão, onde foram feitas análises teóricas e experimentais da sua aplicação. No Brasil, as pesquisas iniciaram em 2005, quando Carvalho (2005) realizou as primeiras análises numéricas com e sem o uso de diafragma externo na ligação. A norma brasileira ABNT NBR 16239:2013 não trata do dimensionamento deste tipo de ligação, que é contemplado somente por Kurobane (2004) do Comité International pour Le Développement et lEtude de La Construction Tubulaire (CIDECT). O objetivo deste estudo foi analisar o comportamento do diafragma externo em ligações entre viga de seção I e pilar tubular de seção circular. Análises numéricas foram realizadas variando a geometria do diafragma externo e verificando sua eficácia quando submetido a cargas nas vigas e no pilar. O diafragma se mostrou um mecanismo eficaz para aumento da rigidez inicial e da resistência da ligação proporcionando ganhos de resistência que variam de 30 a 173%, dependendo da geometria. Quando o pilar é submetido a carga axial, verifica-se que o modelo sem diafragma, apresenta redução gradual de até 17% no momento último, enquanto que o modelo com a menor dimensão de diafragma, apresenta redução de somente 3,2% em sua resistência.
The use of external diaphragms in connections between I-beams and circular hollow section columns aims to improve efficiency of the transmission of forces and moments between these two elements. The study of diaphragms began in Japan in the 1970s, where theoretical work and experimental analysis of its application were made. In Brazil research dates to 2005, when Carvalho (2005) performed the first numerical analyzes of a connection both with and without the diaphragm. The Brazilian standard ANBT NBR 16239:2013 does not address the design of this type of connection, which is contemplated only by Kurobane (2004) in the Comité Internacional pour Le Développement et l’Etude de La Construction Tubulaire (CIDECT). The objective of this study is to analyze the behavior of external diaphragms in the connections between I-beams and circular hollow section columns. Numerical analysis was performed exploring a range of geometries for the external diaphragm and evaluating the effectiveness of the connection when both the beam and the column are loaded. The diaphragm proved to be an effective mechanism to increase the initial stiffness and the ultimate strength of the connection providing resistance gains ranging from 30 to 173%, depending on the geometry of the parts. When the column is submitted to axial loading, the model without diaphragm the value of the ultimate bending moment resistance presents a gradual reduction between 3.2% (for the smallest diaphragm) and 17%.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/10688
Aparece nas coleções:PPGEC - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_12504_ANA CAROLINA SCAMPINI RANGEL ORRICO.pdf2.22 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.