Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/10785
Title: Metodologias Analíticas para Determinação do Perfil Químico, Atividade Imunomoduladora e Citotóxica do Látex de Euphorbia tirucalli L.
metadata.dcterms.creator: SOUZA, L. S.
metadata.dcterms.issued: 14-Feb-2019
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
metadata.dcterms.abstract: Euphorbia tirucalli L. é amplamente utilizada pela medicina popular brasileira, principalmente por sua atividade anticancerígena. No entanto, sua comercialização foi proibida pela ANVISA devido à presença de alguns compostos considerados tóxicos, como os ésteres diterpênicos. Logo, o presente estudo caracterizou o látex dessa planta por diferentes métodos analíticos como também analisou sua atividade imunomoduladora e citotóxica. O látex foi coletado por dois procedimentos, em solução de diclorometano: metanol (3:1,100 mL) e em 100 mL de água destilada. O primeiro foi concentrado como um extrato bruto e o segundo foi particionado com hexano e diclorometano. As partições e o extrato bruto foram submetidos à análises fitoquímicas utilizando três métodos distintos: espectrometria de massas, técnicas FT-ICR MS (ESI (-) e APCI (+)), cromatografia em fase gasosa acoplada à espectrometria de massas (CG-EM) e Ressonância Magnética Nuclear (RMN de 1H, RMN 13C, COSY, HSQC e HMBC). O potencial citotóxico foi avaliado utilizando-se o extrato bruto sobre macrófagos RAW 264.7 e sobre células cancerosas gástricas AGS. A avaliação da atividade imunomoduladora foi feita através da avaliação da produção de óxido nítrico e citocinas como TNF-α e IL-6 por macrófagos. A técnica CG-EM mostrou a presença de alguns ésteres de ácidos graxos, como o mirístico, palmítico, esteárico, oleico e linoleico e, principalmente, triterpenos como euphol e tirucallol. Por RMN, a maioria dos sinais foi relacionada aos triterpenóides euphol e tirucallol. No entanto, quando o látex foi analisado por ESI (-) FT-ICR MS, foi encontrada uma grande variedade de moléculas de diferentes classes de produtos naturais (ácidos graxos, diterpenos, triterpenos, esteróides). Por APCI (+) FT-ICR MS, o íon em m/z 426,38, relacionado à massa dos triterpenos euphol e tirucallol foi o pico mais intenso, com erro de massa -0,11, indicando alta precisão. Os ésteres diterpênicos de núcleo 4-deoxyphorbol e ingenol foram identificados apenas por ESI (-) FT-ICR MS e por ESI (-) FT-ICR MS/MS. Quando avaliado biologicamente, o látex bruto apresentou atividade imunomoduladora, pois reduziu a produção das citocinas pró-inflamatórias TNF-α, IL-6 e NO, e o efeito na redução do NO foi mais expressivo, obtendo resultados semelhantes ao padrão L-NAME, bem como atividade citotóxica significativa (IC50 = 69,43 ± 1,29 μg/mL) contra células de adenocarcinoma gástrico (AGS) sem danificar células saudáveis. Assim, verificou-se que o látex da Euphorbia tirucalli consiste principalmente dos triterpenos euphol e tirucallol, que podem ser os principais responsáveis pela atividade antineoplásica atribuída à planta, mas muitos outros compostos menoritários podem ser determinados por FT-ICR MS, como os ésteres diterpênicos. Possui potencial antitumoral, pois age seletivamente contra células cancerosas e ainda impede a progressão do tumor, pois possui importante efeito imunomodulador.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/10785
Appears in Collections:PPGQUI - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese_12268_DISSERTAÇÃO_Larissa S de Souza.pdf3.07 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.