Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/10832
Título: A INFLUÊNCIA DA ATIVIDADE EXPERIMENTAL NA APRENDIZAGEM POTENCIALMENTE SIGNIFICATIVA DE SOLUÇÕES QUÍMICAS PARA ALUNOS DO ENSINO MÉDIO
Autor(es): ROCHA, M.
Orientador: BIANCO, G.
Palavras-chave: Atividade Experimental
Estudo das Soluções
Aprendizagem Si
Data do documento: 14-Dez-2018
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: ROCHA, M., A INFLUÊNCIA DA ATIVIDADE EXPERIMENTAL NA APRENDIZAGEM POTENCIALMENTE SIGNIFICATIVA DE SOLUÇÕES QUÍMICAS PARA ALUNOS DO ENSINO MÉDIO
Resumo: O estudo das soluções, na disciplina de Química, tem sido feito de maneira tradicional através do modelo transmissão e recepção com exposição verbal de conteúdos. Por isso não é exagero supor que muitas dificuldades de aprendizagem relacionadas ao estudo das soluções são decorrentes da inadequação das práticas pedagógicas adotadas. Na maioria das vezes os estudantes não conseguem relacionar os conhecimentos adquiridos em sala de aula com situações concretas do cotidiano envolvendo soluções químicas. A utilização de atividades experimentais tem sido sugerida constantemente nos documentos oficiais que tratam de questões curriculares e metodológicas do ensino de nível médio e também por diversos pesquisadores que procuram avaliar sua importância e eficácia na relação ensino e aprendizagem. Diante de tal situação, buscou-se investigar a influência e contribuições das atividades experimentais na aprendizagem potencialmente significativa de conceitos relacionados ao estudo das soluções para os alunos do 2o ano da Escola Estadual de Ensino Médio Ceciliano Abel de Almeida, no Município de São Mateus ES. O aporte teórico utilizado nessa discussão fundou-se na Teoria da Aprendizagem Significativa de David Ausubel. Como metodologia utilizou-se uma abordagem qualitativa com objetivo descritivo e delineamento quase experimental que contou com as etapas de problematização inicial, organização do conhecimento e avaliação final. Os dados foram coletados com 96 alunos de quatro turmas através de questionários e testes com perguntas objetivas e discursivas. A análise qualitativa do quase experimento revelou que o uso de atividades experimentais como estratégia de ensino permitiu maior envolvimento e participação ativa dos alunos criando condições para a aprendizagem significativa de conceitos relacionados ao estudo das soluções. A comparação entre o questionário inicial de problematização e a avaliação final evidenciou evolução conceitual e procedimental na resolução bem sucedida de problemas propostos além da compreensão de ideias subjacentes ao tema. Espera-se que esta pesquisa possa fornecer elementos de análise para subsidiar o desenvolvimento e a utilização de práticas pedagógicas potencialmente significativas para o aprendizado de soluções químicas.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/10832
Aparece nas coleções:PPGEEB – Dissertações de Mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_12721_92-Marconi Rocha.pdf2.67 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.