Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/11052
Título: O espaço-movimento do ciclista : seguindo o ciclista anônimo
Autor(es): Gabler, Luiz Gustavo
Orientador: Miranda, Clara Luiza
Palavras-chave: Espaço-movimento
Bicicleta
Cidade
Cotidiano
Narrativas pessoais
Data do documento: 14-Set-2017
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: GABLER, Luiz Gustavo. O espaço-movimento do ciclista: seguindo o ciclista anônimo. 2017. 124 f. Dissertação (Mestrado em Arquitetura e Urbanismo) - Universidade Federal do Espírito Santo, Centro de Artes.
Resumo: A presente dissertação se constitui de uma busca por identificar e investigar a subjetividade da relação cotidiana da prática de pedalar com o espaço urbano. A partir do desenvolvimento conceitual do binômio espaço-movimento, originalmente exposto por Paola B. Jacques, propõe-se uma investigação do caminho daqueles que pedalam pela cidade anonimamente e têm a bicicleta como meio de transporte num cotidiano de subsistência. Parte-se de uma concepção móvel da cidade e persegue-se o objeto nas relações do 'entre', do 'enquanto', do 'mover-se', valorizando o deslocamento como um modo de habitar a cidade, objetivando contribuir para estudos da mobilidade ativa e da produção do espaço urbano. Para tanto foi desenvolvido uma metodologia de observação participativa dinâmica aos movimentos dos ciclistas anônimos.
Nowadays urban mobilities stir political discourses and receive new attention from interdisciplinary studies, focused on the space of contemporary cities. Body movements, the human scale and the right to the city acquire importance due to the need to think about the city from its rhythms and the complex systems of daily displacements. This research seeks to identify and investigate the subjectivity of the daily relationship of pedaling practice with urban space. From a conceptual exploration of the binomial space-movement, originally exposed by Paola B. Jacques, it is proposed an investigation of the path of those who pedal through the city anonymously and have the bicycle as a means of transport in a subsistence daily life. It starts with a mobile conception of the city and pursues the object in the relations of “between”, “while”, “moving”, valuing displacement as a way of inhabiting the city, aiming to contribute to studies of mobility and the production of urban space. For that, a methodology of dynamic participatory observation was developed to the movements of anonymous cyclists and their daily narratives.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/11052
Aparece nas coleções:PPGAU - Dissertações de mestrado



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.