Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/11110
Title: HISTÓRIAS NÃO CONTADAS: ACOLHIMENTO INSTITUCIONAL DE RECÉM-NASCIDOS DE MULHERES USUÁRIAS DE DROGAS
metadata.dcterms.creator: RANGEL, G. L. N.
metadata.dcterms.issued: 27-Dec-2018
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
metadata.dcterms.abstract: A perda da guarda legal de recém-nascidos de mulheres usuárias de drogas ainda nas Maternidades é uma realidade no Brasil, tal como registrada em outros países (como Estados Unidos e Inglaterra). Neste trabalho mostramos que o acolhimento institucional destes bebês, ainda que sob a égide da doutrina de proteção integral à criança, se dá por influência de ideologias conservadoras, que historicamente orientam a intervenção do Estado sobre as mulheres e as famílias pobres. Este estudo tem como objetivo analisar o processo dos acolhimentos institucionais impostos a recém-nascidos/as de mulheres usuárias de drogas, referenciadas em Vitória, ocorridos na Maternidade do HUCAM entre os anos de 2008 e 2017, visando refletir sobre as repercussões para os sujeitos (mulheres e crianças) envolvidos. Tratamos aqui de mulheres pobres, negras, fortemente subjugadas ao padrão ideal de boa mãe, ao qual elas não correspondem. Mostramos ainda que das 17 crianças acolhidas no período delimitado apenas uma foi reintegrada á mãe. Oito foram adotadas e oito foram entregues aos cuidados da família extensa. Apesar de transitarem nos serviços de Saúde e Assistência Social do Município, a maioria das mulheres nunca recebeu acompanhamento sistemático. Concluímos que o acolhimento institucional, defendido sob o prisma da doutrina de proteção integral da criança, não vislumbra que desprotege mães, afetos, relações e direitos. O Estado, ao responsabilizar as mulheres por seus comportamentos e penalizá-las com a perda dos filhos, não assegura os direitos sociais e humanos a que ambos fazem jus, eximindo-se de sua responsabilidade de garantir condições para que as mulheres pobres usuárias de drogas permaneçam com seus filhos.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/11110
Appears in Collections:PPGPS - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese_12843_Gediane L. Neves Rangel.pdf5.98 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.