Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/11116
Title: Remoção de boro de efluente de indústria de mineração e de efluente sintético por eletrocoagulação utilizando eletrodos de alumínio
metadata.dcterms.creator: SILVA, D. M. L.
metadata.dcterms.subject: eletrocoagulação;Remoção de boro;Coagulação química
metadata.dcterms.issued: 13-Mar-2019
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
metadata.dcterms.abstract: A eletrocoagulação é um importante método de remoção de resíduos em efluentes líquidos, apresentando importantes resultados na literatura e diversas vantagens, como o baixo custo operacional, a produção do agente coagulante in situ, a baixa produção de resíduos secundários, entre outros. Assim, neste estudo, a eficiência do método de eletrocoagulação foi investigada para a remoção de boro residual de um efluente sintético e de um efluente coletado em uma indústria de mineração. Também foram testados para um efluente sintético preparado a partir de uma solução de ácido bórico 200 mg L-1 e para um efluente real coletado de uma empresa de mineração localizada na cidade de Vitória diferentes parâmetros de análise, como tempo de eletrocoagulação, densidade de corrente, pH e concentração de eletrólito suporte. Os resultados obtidos mostraram um percentual de remoção de boro superior a 60% para o efluente sintético e próximo de 70% para o efluente real coletado da indústria de mineração, quando utilizados eletrodos de alumínio, pH de 7,5, densidade de corrente de 14,42 mA cm-2 e eletrólito suporte na concentração de 0,200 mol L-1 para o efluente sintético e de 0,400 mol L-1 e 1,000 mol L-1 para o efluente real. Neste estudo também foram comparados o método de eletrocoagulação e o método convencional de coagulação química. A partir da comparação entre os dois métodos, obteve-se uma remoção de boro por eletrocoagulação do efluente real 56,30% maior do que pelo método de coagulação química. Assim como o percentual de remoção, o método de eletrocoagulação também apresentou-se mais vantajoso quanto ao custo operacional, tendo este um custo operacional duas vezes menor quando comparado a método de coagulação química. Assim, a eletrocoagulação demonstrou ser um eficiente método de remoção do boro tanto de efluente sintético quanto efluente real coletado da indústria de mineração, especialmente quando os parâmetros apropriados foram aplicados.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/11116
Appears in Collections:PPGQUI - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese_12990_Douglas Mark Lopes da Silva - versão final.pdf1.16 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.