Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/11357
Title: CAFÉ COM MATEMÁTICA:REPRESENTAÇÕES DE PROFESSORES DO 4.º E 5.º ANOS DO ENSINO FUNDAMENTAL NUM PROCESSO DE FORMAÇÃO CONTINUADA SOBRE CONTEÚDOS E METODOLOGIAS
metadata.dcterms.creator: OLIVEIRA, A. V.
metadata.dcterms.issued: 21-May-2019
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
metadata.dcterms.abstract: Estudo de caso etnográfico de natureza qualitativa que tem por objeto uma formação continuada para professores do 4.° e 5.° anos do Ensino Fundamental, denominada Café com Matemática. Busca responder à questão norteadora: Que representações de professores do 4.º e 5.º anos do Ensino Fundamental emergem de um processo de formação continuada em Matemática? Tem como objetivo geral descrever e analisar as representações que emergiram de professores atuantes no município de Jaguaré-ES, quando imersos num processo de formação continuada em Matemática. Tem como objetivos específicos a) elencar as adversidades da prática pedagógica evidenciadas pelos professores do 4.º e do 5.º ano que precisam trabalhar com Matemática; b) constatar as potencialidades didáticometodológicas do ensino de Matemática no Ensino Fundamental; c) discutir e refletir com os participantes sobre os quatro blocos de conteúdos da Matemática que fazem parte do currículo do 4.º e 5.º anos do Ensino Fundamental: números e operações, grandezas e medidas, tratamento da informação e Geometria. Tem por fundamentos teóricos os pressupostos da História Cultural, os conceitos de representação, prática e apropriação de Roger Chartier, bem como de estratégias e táticas de Michel de Certeau. Estabelece um diálogo sobre a cultura escolar de acordo com Dominique Julia. Emprega para coleta de dados um questionário, aplicado no início da formação, e a observação participante, com registro em diário de bordo durante todos os encontros do curso. Conclui que os professores ensinam da forma como aprenderam na infância e adolescência escolar; sobre a formação continuada, utilizam modelos prontos de atividades para aplicar na sala de aula; sobre avaliação, atribuem pontuação à produção dos estudantes, mas apresentam dúvidas ao realizar essa tarefa; sobre a profissão, entendem o professor como transmissor de conhecimento. Os professores não têm plena consciência de sua autonomia e buscam atender os currículos escolares e provas externas, mas o processo de formação possibilita reflexões sobre a prática e a possibilidade de mudanças. Palavras-chave: Formação continuada. Representações. Ensino Fundamental.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/11357
Appears in Collections:PPGEEB – Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese_13538_114 - ALICE VENTURINI OLIVEIRA.pdf2.41 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.