Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/11377
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisorGontijo, Cláudia Maria Mendes-
dc.date.accessioned2019-07-26T02:05:53Z-
dc.date.available2019-07-25-
dc.date.available2019-07-26T02:05:53Z-
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufes.br/handle/10/11377-
dc.publisherUniversidade Federal do Espírito Santopor
dc.subjectStandardized assessmenteng
dc.subjectLiteracyeng
dc.subjectLatin America and the Caribbeaneng
dc.titleOs discursos da UNESCO e a avaliação da alfabetização infantil na America Latina e Caribe (1980-2012) : diálogo com contexto brasileiropor
dc.typedoctoralThesisen
dc.subject.udc37-
dc.subject.br-rjbnAvaliação educacionalpor
dcterms.abstractRelatório de pesquisa cujo objetivo geral é compreender, ativa e responsivamente, os discursos da Unesco, no período 1980-2012, em prol da avaliação da alfabetização, e como eles dialogam com o contexto brasileiro. Parte de referencial teórico bakhtiniano e considera os enunciados como elos de uma corrente discursiva, que só podem ser compreendidos em sua concretude, dentro de uma situação de produção imediata e de um contexto de produção mais amplo. O corpus é composto por documentos publicados pela Organização das Nações Unidas para a Educação (Unesco) no período escolhido, em especial os boletins do Projeto Principal de Educação para América Latina e Caribe (PPE), o texto do Projeto Regional de Educação para a América Latina e o Caribe (Prelac) e as revistas a ele vinculadas. Desenvolve a tese de que os discursos publicados pela Unesco, majoritariamente, são fundamentados em uma concepção de educação como investimento financeiro e de alfabetização como competência fundamental para a formação dos cidadãos desejados pelo mercado. As estratégias de propagação desses discursos foram os eventos promovidos pela Unesco em que os Estados-membros participantes assumiram compromissos em torno de metas condizentes com ideais de organismos internacionais defensores da ordem capitalista. Além desses marcos, os projetos PPE e Prelac objetivaram auxiliar os países na adequação de suas políticas educacionais e manter seu discurso educativo em circulação, principalmente junto àqueles que têm papel estratégico na tomada de decisões nos países. As ações efetivadas no Brasil, em termos de avaliação da alfabetização, a partir de seu contexto específico, dialogaram com os enunciados da Unesco que a enalteciam como ferramenta de gestão. Isso se mostra pela implementação de avaliações com periodicidade cada vez menor para aferir o rendimento das crianças. Ademais, o diálogo dos programas brasileiros com as concepções defendidas por esse organismo se revela também na redução que os exames fazem da alfabetização a aspectos mecânicos da leitura e da escrita, com fundamento numa perspectiva técnica e funcional que se distancia de seu potencial crítico e dialógico.por
dcterms.abstractThe work is a research report which general goal is to understand, actively and responsively, the UNESCO speeches, in the period of 1980-2012, on behalf of the literacy evaluation, and how they dialogue with the Brazilian context. It is based on the Bakhtinian theoretical referential and considers the assertions as links of a discursive chain that can only be comprehended in its concreteness, within an immediate production situation and a broader production context. The corpus is composed of documents published by the Education United Nations Organization (Unesco) in the period of choice, specially the Education Principal Project for Latin America and Caribbean (PPE) bulletins, the Education Regional Project for Latin America and the Caribbean Islands (Prelac) text and the magazines in connection. The research develops the thesis that all the speeches published by UNESCO, are mostly based on an education conception as financial and literacy investment as fundamental competence for the formation of citizens desired by the market. The most efficient propagation strategies of these speeches were the events promoted by UNESCO in which the participant member Estates made a compromise around goals aligned with ideas of international organisms that defend the capitalist order. Besides those goals, the PPE and Prelac projects aimed at assisting the countries regarding their educational policies adequacy and at keeping the educative speech in circulation, mainly with those having a strategic role in the countries’ decision making. The actions taken in Brazil in terms of literacy assessment, from its specific context, dialogued with the UNESCO assertions that praised it as management tool. This is observed by the implementation of evaluations with periodicity each time less in order to assess the children’s performance. Moreover, the dialogue between the Brazilian programs with the conceptions defended by this organization is also revealed in the reduction carried out by the exams concerning literacy to mechanic aspects of reading and writing, with basis on a technical and functional perspective that goes beyond its critical and dialogical potential.eng
dcterms.creatorEndlich, Ana Paula Rocha-
dcterms.formatText-
dcterms.issued2019-06-19-
dcterms.languagepor-
dcterms.subjectAvaliação padronizadapor
dcterms.subjectAlfabetizaçãopor
dcterms.subjectUnesco-
dcterms.subjectAmérica Latina e Caribepor
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Educaçãopor
dc.publisher.initialsUFESpor
dc.subject.cnpqEducaçãopor
dc.publisher.courseDoutorado em Educaçãopor
dc.contributor.refereeValle, Maria Teresa Esteban do-
dc.contributor.refereeCôco, Dilza-
dc.contributor.refereeAraújo, Vânia Carvalho-
dc.contributor.refereeSchwartz, Cleonara Maria-
Aparece nas coleções:PPGE - Teses de doutorado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_13556_versão FINAL_tese_anapaularochaendlich_para publicação.pdf2.68 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.