Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/2126
Título: Entre pontes e cidades: um estudo sobre arte, memória e paisagem urbana a partir da obra ''caminho das águas'', de Piatan Lube
Autor(es): Gonzalez, Vinicius Martins
Orientador: Cirillo, José
Palavras-chave: Intervenção
Data do documento: 5-Mai-2015
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: Esta dissertação tem como objetivo pesquisar/entender/revelar como as múltiplas relações da arte com a cidade colaboram na produção de obras capazes de ativar novas paisagens urbanas através do transeunte/espectador. Para a reflexão trago como exemplo o trabalho Caminho das Águas, do artista plástico Piatan Lube. A intervenção que se iniciou como obra para o 8º Salão Bienal do Mar, que aconteceu na cidade de Vitória/ES entre os dias 20 de dezembro de 2008 e 05 de fevereiro de 2009; se tornou projeto quando em 2010 expandiu suas fronteiras e aterrissou em Florianópolis/SC. Caminho das águas é uma intervenção que rememora o antigo limite entre o mar e a terra em uma releitura física. Sua linha azul de 30 centímetros de largura, pintada sobre o chão problematiza o espaço urbano, força questionamentos coletivos sobre as transformações do homem na natureza, busca mesmo que provisoriamente provocar/resgatar uma pequena memória coletiva sobrepondo o passado à forma contemporânea das cidades, convidando seus habitantes, por via da arte, a repensar ela mesma, em uma série de possíveis desdobramentos visuais, imagéticos e por que não pessoais. Linha que provoca no transeunte/espectador uma projeção visual de uma cidade que não existe mais, que agora jaze sob nossos pés e que dorme no esquecimento de um passado. Assim, trata de se apropriar da cidade em uma ação efêmera, intervindo na história das capitais-ilhas participantes do projeto, em diálogos patrimoniais que ligam memórias (geológicas, naturais, culturais, econômicas e sociais) e integram uma narrativa de ocupação e desenvolvimento urbano. Palavras chaves: Paisagem urbana / Cidade / Intervenção / Memória
This dissertation has as objective research / understand / reveal how multiple art relations with the city collaborate in the production of works capable of activating new urban landscapes by passerby. To bring the reflection as an example the work "Caminho das Águas," the artist Piatan Lube. The intervention that began as a work for the 8th Salon Biennale Sea, held in Vitória / ES between days 20 December 2008 and 5 February 2009; became project when in 2010 expanded its borders and landed in Florianópolis / SC. ”Caminho das Águas” is an intervention that recalls the old boundary between the sea and the earth in a physical rereading. His blue line 30 inches wide, painted on the ground questions the urban space, strength collective questions about the transformations of man in nature, even provisionally cause search / rescue a small collective memory overlaying the past to contemporary form of cities, inviting its inhabitants, through art, to rethink itself in a number of possible developments visual, pictorial and why not personal. Line that causes the passer / viewer a visual projection of a city that no longer exists, which now lies buried beneath our feet and sleeping in oblivion of the past. Thus comes to appropriate the city in an ephemeral action, intervening in the history of the project participants capital-island, in equity dialogues linking memories (geological, natural, cultural, economic and social) and integrate an occupancy of narrative and urban development .
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/2126
Aparece nas coleções:PPGA - Dissertações de Mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_8866_Dissertação Vinicius Martins Gonzalez - 2015.pdf5.9 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.