Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace3.ufes.br/handle/10/3052
Título: Identidade Social em Movimento: A Comunidade Japonesa na Grande Vitória (ES)
Autor(es): SUDA, J. R.
metadata.dcterms.subject: Imigr
japonesa
Adaptação
Ident
social
Preconc
e discri
Data do documento: 9-Ago-2005
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: SUDA, J. R., Identidade Social em Movimento: A Comunidade Japonesa na Grande Vitória (ES)
Resumo: O presente trabalho objetivou identificar a identidade social de japoneses residentes na Grande Vitória (ES) a partir de falas sobre o próprio grupo e suas relações cotidianas, verificando-se também a existência de indícios de preconceito ou de tratamento discriminatório. Participaram da pesquisa 20 sujeitos, japoneses ou descendentes, de ambos os sexos, jovens e adultos. Os dados foram coletados através de entrevistas que exploraram os seguintes temas: namoro e conjugabilidade, padrões estéticos, preconceitos e estereótipo, identidade social e adaptação. Os resultados indicaram a existência de semelhanças e diferenças no que diz respeito à identidade do japonês capixaba, definida através de comparação com as características identitárias de japoneses de outros Estados. A principal semelhança identificada foi a flexibilidade de identidade social de nipo-brasileiro, que permite que em determinados momentos façam uso da identidade japonesa e, em outros momentos, da identidade brasileira, sempre procurando manter uma identidade social positiva. A principal diferenças que caracterizou os japoneses locais foi a apropriação de características atribuídas ao capixaba: ele é mais tranqüilo, mais fechado e mais normal. Foram encontrados também alguns indícios de discriminação e preconceito contra os japoneses locais. Tanto a receptividade quanto a adaptação ao contexto capixaba foram considerados boas, apesar de ainda indicarem um certo estranhamento por parte dos dois grupos, um em relação ao outro. Alguns fatores, como a imigração tardia para o Estado, o número reduzido de japoneses e uma comunidade japonesa economicamente homogênea, parecem afetar o tipo de relação estabelecido entre Capixabas e Japoneses e, conseqüentemente, a construção das identidades sociais.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3052
Aparece nas coleções:PPGP - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_469_.pdf751.74 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.