Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3413
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisorMOREIRA, V. M. L.
dc.date.accessioned2016-08-29T14:11:56Z-
dc.date.available2016-07-11
dc.date.available2016-08-29T14:11:56Z-
dc.identifier.citationMARLOW, S. L., NACIONALISMO e Igreja: a Igreja Luterana Sinodo de Missouri nos porões do Estado Novopor
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufes.br/handle/10/3413-
dc.format.mediumtexten
dc.publisherUniversidade Federal do Espírito Santopor
dc.titleNACIONALISMO e Igreja: a Igreja Luterana Sinodo de Missouri nos porões do Estado Novopor
dc.typemasterThesisen
dcterms.abstractO período republicano denominado Estado Novo não marca apenas a permanência de Getúlio Vargas no comando da nação brasileira, marca também a ingerência do próprio Estado Brasileiro na vida daqueles que residiam em solo brasileiro. Um bom exemplo disso é a proposta nacionalizadora do Governo Brasileiro que, a partir do ano de 1938, através de uma série de medidas, desejava que todos, especialmente os imigrantes estrangeiros e seus descendentes, se abrasileirassem. Essa proposta alcançou e repercutiu todos os grupos de imigrantes, mas em especial os alemães que entendiam ser perfeitamente possível ser brasileiro e cultivar traços culturais da pátria-mãe, a Alemanha. Estes imigrantes e seus descendentes foram atingidos especialmente através de instituições que estavam a eles ligadas como: a imprensa, as associações esportivas e culturais e a Igreja. Neste sentido, o presente estudo pretende observar e relatar a ação do Estado Brasileiro para com a Igreja Luterana: Sínodo de Missouri, bem como a reação e posição da referida instituição eclesiástica frente às propostas nacionalizantes impostas pelo Governo Vargas. Ao mesmo tempo, perceber qual era a relação existente entre a Igreja Luterana Sínodo de Missouri junto aos descendentes de alemães no que concerne à preservação de traços culturais e sociais com a Alemanha através da prática do Germanismo. Palavras-chaves: Nacionalização. Estado Novo. Germanismo. Igreja. Sínodo de Missouri.por
dcterms.creatorMARLOW, S. L.
dcterms.issued2006-04-10
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Históriapor
dc.publisher.initialsUFESpor
dc.publisher.courseMestrado em Históriapor
dc.contributor.refereeGIL, Antonio C. A.
dc.contributor.refereeAndré Pereira
dc.contributor.refereeGERTZ, R. E.
Aparece nas coleções:PPGHIS - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_3414_Sérgio_Luiz_Marlow.pdf763.05 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.