Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3722
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisorAbrahão, Virginia Beatriz Baesse-
dc.date.accessioned2016-08-29T15:08:45Z-
dc.date.available2016-07-11-
dc.date.available2016-08-29T15:08:45Z-
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufes.br/handle/10/3722-
dc.publisherUniversidade Federal do Espírito Santopor
dc.subjectReferenciaçãopor
dc.subjectVontade de verdadepor
dc.subjectFoucault-
dc.subjectChapeuzinho Vermelhopor
dc.subjectMedopor
dc.subjectTransição paradigmáticapor
dc.subjectReferentiationeng
dc.subjectDiscourseeng
dc.subjectWill to trutheng
dc.subjectLittle Red Riding Hoodeng
dc.subjectFeareng
dc.subjectParadigmatic transitioneng
dc.titleO 'medo' em Chapeuzinho Vermelho (da Idade Média à Modernidade) : por uma abordagem discursiva da referenciação com base em Foucaultpor
dc.typemasterThesiseng
dc.subject.udc80-
dc.subject.br-rjbnLinguísticapor
dc.subject.br-rjbnAnálise do discursopor
dcterms.abstractO trabalho objetiva, a partir de uma abordagem discursiva da referenciação com base em Foucault (1968, 1987, 2007, 2008), efetuar uma análise linguística de versões do conto Chapeuzinho Vermelho produzidas em períodos distintos, com o intuito de demonstrar o quanto o campo de saber e os mecanismos de poder formam os objetos de discurso e definem a materialização linguística em dada época. A pesquisa bibliográfica possibilitou uma conceituação de referenciação com base nas concepções de discurso foucaultianas e do seu método arqueológico e genealógico. As categorias levantadas a partir dessa pesquisa bibliográfica, instrumentalizadas na metodologia linguística proposta por Fiorin (2006), permitiram a análise dos contos após a contextualização e classificação dos mesmos, levando-se em consideração suas condições de produção e propagação, assim como seu aspecto discursivo institucional e histórico. Após a análise de cada versão, efetivada a partir do tema 'medo', o qual permitiu o levantamento dos termos semânticos de oposição, do percurso sintático fundamental, do percurso figurativo e dos percursos temáticos discursivos fundados no saber e poder vigentes, seguiu-se a contraposição dos resultados que viabilizou a compreensão da maneira pela qual se efetivou a referenciação discursiva na Idade Média, no período clássico e na modernidade. Ao mesmo tempo, a partir da análise, apresentou-se, de forma mais perceptível e clara, o processo através do qual o discurso, em seu aspecto histórico e material, protege o mesmo procedimento de controle (a 'vontade de verdade') que define as verdades, que delineia os saberes e poderes viáveis, que estabelece os objetos que podem ou não ser formados, enfim, que institui tanto a referenciação de dado período quanto a materialização desta nos significantes textuais. Os resultados apontaram ainda para a necessidade de se questionar a 'vontade de verdade' para que melhor se conheça o saber moderno e assim quiça vislumbrar o prenúncio de um novo paradigma liberto: do medo que o discurso impõe, do saber e do poder delineados pela 'vontade de verdade', e; da materialização destes nos significantes linguísticos que regem e definem o homem. Este trabalho tem por finalidade abrir caminho para uma análise mais profunda do mecanismo de referenciação e mesmo para um possível questionamento da 'vontade de verdade'.por
dcterms.abstractUsing a discursive approach of referentiation based on Foucault (1968, 1987, 2007, 2008), this study aims at carrying out a linguistic analysis of versions of the tale Little Red Riding Hood written in different periods of history. The purpose is to demonstrate how much the field of knowledge and the mechanisms of power form objects of discourse and define the linguistic materialization at a given time. The bibliographical investigation allowed conceptualizing referentiation based on Foucault’s concept of discourse, as well as his archeological and genealogical methods. The categories obtained in this bibliographical research (adopted in the methodology proposed by Fiorin, 2006) allowed analyzing the tales after their contextualization and classification taking their production and propagation conditions into account, as well as their institutional and historical discursive aspect. After analyzing each version, the results were contraposed, which permitted understanding the way through which the discursive referentiation was effectuated in the Middle Ages, Classic period, and Modernity. The analysis was based on the theme “fear”, which allowed investigating the terms of semantic opposition, fundamental syntactic, figurative, and thematic courses founded on current knowledge and power. At the same time, based on this analysis, the study presents the process through which the discourse, in its historical and material aspect, protects the same controlling procedure (the will to truth) that defines the truths, that traces the feasible of knowledge and power, that establishes the objects that may or may not be formed, and that sets both the referentiation of a given period of time and its materialization in the textual signifiers. The results also pointed to the need of questioning the “will to truth” so that we can better understand modern knowledge and perhaps glimpse at a harbinger of a new free paradigm: the fear which the discourse imposes, the knowledge and power traced by the “will to truth”, and the materialization of these linguistic signifiers that rule and define man. This study aims at opening the way to a more in depth analysis of the referentiation mechanism, and even to possibly question "the will to truth".eng
dcterms.creatorMoraes, Fabiano de Oliveira-
dcterms.formattexteng
dcterms.issued2010-03-29-
dcterms.languageporeng
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Linguísticapor
dc.publisher.initialsUFESpor
dc.subject.cnpqLinguísticapor
dc.publisher.courseMestrado em Estudos Linguísticospor
dc.contributor.refereeVidon, Luciano Novaes-
dc.contributor.refereeCarvalho, Janete Magalhães-
Aparece nas coleções:PPGEL - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_4051_Dissertação FABIANO DE OLIVEIRA MORAES20131025-153748.pdf1.22 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.