Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/4042
Título: Dimensionamento de redes ópticas dinâmicas para data-grid service
Autor(es): Maioli, Celio Proliciano
Orientador: Ribeiro, Moisés Renato Nunes
Palavras-chave: WDM
Data do documento: 24-Ago-2007
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: Uma vez que as redes WDM apresentam-se como solução ao transporte das grandes quantidades de dados em data grids, estudamos se o uso de transponders mais lentos (e portanto mais baratos) podem oferecer a mesma quantidade de serviço que uma rede óptica referencial pelo aproveitamento da capacidade de transporte de múltiplos comprimentos de onda simultâneos. Para dar suporte a este estudo, implementamos um monitor de tráfego com vistas a utilizar características mais realistas de tarefas e um simulador de redes WDM dinâmicas. Os resultados mostram que é possível estabelecer níveis equivalentes de serviço com economia de transponders devido à reutilização espacial dos caminhos ópticos. Além disso, percebeu-se a diminuição do número médio de saltos para as conexões estabelecidas, o que pode implicar um menor número de reconfigurações dos equipamentos ópticos para o estabelecimento do caminho (diminuição do overhead de configuração). Todavia, o uso de equipamentos mais lentos eleva o tempo de retenção das conexões no sistema. Para resolver isto, estudamos a adoção de múltiplos caminhos alternativos (multiple streams) para uma mesma conexão, o que naturalmente mostrou-se eficiente apenas para redes mais conectadas.
WDM networks are already seen as the solution for large amount of data exchanging in data grids. This work investigates whether the use of slower (and less expensive) transponders is able to offer the same amount of service that a reference optical network by exploiting the WDM domain. In order to provide this study with more realistic traffic scenarios, we have developed a traffic monitor and an all optical network simulator. Results show the viability of equivalent service levels with economy of transponder due to spatial reuse of lightpaths. Moreover, the average number of hops is reduced, which points out to less reconfiguration efforts from the control plane standpoint with reduced overhead for clients. However, slow transponders also means longer service time and increased lightpath holding time. In other to address this issue, multiple streams associated with alternative routing are investigated but improvements, as expected, are only found mesh networks.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/4042
Aparece nas coleções:PPGEE - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_2356_DissertacaoMestradoCelioProlicianoMaioli.pdf3.07 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.