Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/4499
Título: Estresse oxidativo em Saccharomyces cerevisiae submetida à alta pressão hidrostática
Autor(es): Mota, Mainã Mantovanelli da
Orientador: Fernandes, Patricia Machado Bueno
Coorientador: Fernandes, Antonio Alberto Ribeiro
Data do documento: 9-Mar-2015
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: MOTA, Mainã Mantovanelli da. Estresse oxidativo em Saccharomyces cerevisiae submetida à alta pressão hidrostática. 2015. 70 f. Dissertação (Mestrado em Biotecnologia) - Universidade Federal do Espírito Santo, Vitória, 2015.
Resumo: Saccharomyces cerevisiae foi o primeiro organismo eucarionte a ter seu genoma completamente sequenciado e vem sendo utilizada há várias décadas como um modelo para estudos celulares e moleculares. S. cerevisiae, representa um dos microrganismos mais empregados nas indústrias de fermentação. Durante a fermentação alcoólica, as células da levedura S. cerevisiae são expostas a muitas condições distintas de estresse que afetam seu metabolismo, dentre os quais podemos citar o estresse osmótico, o aumento da temperatura e o acumulo de etanol; e para se obter maior produtividade é necessária a introdução de linhagens resistentes a estresse e com alto poder fermentativo. A alta pressão hidrostática (HHP) é um estresse que pode influenciar importantes processos fisiológicos e bioquímicos na S. cerevisiae com efeitos similares a outros estresses, incluindo o estresse oxidativo
Saccharomyces cerevisiae was the first eukaryotic organism to have its genome sequenced and has been used for several decades as a model for cellular and molecular studies. The yeast S. cerevisiae is the most important microorganism used in the biotechnological industries. During alcoholic fermentation, the yeast S. cerevisiae cells are exposed to several stress conditions that may decrease their viability, including osmotic stress, high temperature and accumulation of ethanol over the process; thus, stress tolerant yeast strains with a high ethanol production are desirable to achieve high productivity. High hydrostatic pressure (HHP) stress may influence important physiological and biochemistry processes in S. cerevisiae in a similar way to others stress including oxidative stresses.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/4499
Aparece nas coleções:PPGBIO - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_8548_Dissertação_Mainã Mantovanelli.pdf2.71 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.