Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/4514
Título: Análise da expressão de genes relacionados à adipogênese e à inflamação em tecido adiposo de mulheres com obesidade grau III
Autor(es): Dasilio, Karine Lourenzone de Araujo
Orientador: Paula, Flávia de
Coorientador: Errera, Flavia Imbroisi Valle
Data do documento: 29-Abr-2013
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: A obesidade é uma doença crônica caracterizada pelo excesso de gordura que prejudica a saúde do indivíduo, sendo um fator de risco importante para doenças com alta morbidade e mortalidade, tais como as doenças cardiovasculares, tolerância diminuída à glicose (IGT) e o diabetes mellitus tipo 2 (T2DM). Os principais depósitos do tecido adiposo branco (WAT), o subcutâneo (SAT) e o visceral (VAT), apresentam diferentes efeitos biológicos sobre a saúde. O WAT produz e secreta uma variedade de adipocinas, tais como interleucina-6 (IL-6), factor de necrose tumoral-alfa (TNF-α), adiponectina (ADIPOQ), secreted frizzled-related protein 1 (SFRP1) e fator de crescimento vascular endotelial (VEGFA), que são importantes em inúmeros eventos celulares, incluindo inflamação, angiogênese e adipogênese. A ativação da via wingless-type (WNT)/β-catenina inibe a adipogênese por meio do bloqueio das proteínas ligantes ao amplificador CCAAT alfa (CEBPA) e do receptor ativado pelo proliferador de peroxissoma gama (PPARG), que são reguladores transcricionais essenciais da diferenciação dos adipócitos. A adipogênese também pode ser regulada por Alterações em genes da matriz extracelular estão implicadas na obesidadecolágeno XVIII (COL18A1), uma proteína da matriz extracelular, está envolvido na adipogênese. As alterações na expressão das adipocinas e a expansão máxima do tecido adiposo branco parecem contribuir para o aparecimento de comorbidades associadas à obesidade. O objetivo deste estudo foi avaliar, com a técnica da Reação em Cadeia da Polimerase quantitativa, a expressão de genes envolvidos na adipogênese e inflamação em SAT e VAT de mulheres com obesidade grau III submetidas à cirurgia bariátrica através da técnica da Reação em Cadeia da Polimerase quantitativa. Os principais resultados obtidos mostraram que i) a expressão do gene CEBPA é maior em SAT que em VAT das mulheres com obesidade, ii) a expressão do gene CEBPA é maior no SAT das mulheres com obesidade e T2DM/IGT que nas mulheres com tolerância normal à glicose (NGT), iii) os genes SFRP1 e VEGFA estão menos expressos no VAT das mulheres com obesidade e T2DM/IGT que nas mulheres com NGT e iv) a expressão do gene COL18A1 em VAT foi associada aos níveis de HDL e à tolerância à glicose melhores. Esses resultados mostram que a expressão gênica difere nos distintos depósitos de WAT e está correlacionada aos parâmetros metabólicos de indivíduos com obesidade. Este trabalho contribui para a compreensão da expressão de genes relacionados a adipogênese e inflamação em SAT e VAT na obesidade grave.
Obesity is a chronic condition defined as abnormal or excessive fat accumulation that impairs health. Overweight is an important risk factor for mortality and is a major risk factor for noncommunicable diseases, such as cardiovascular disease, impaired glucose tolerance (IGT) and type 2 diabetes mellitus (T2DM). Deposits of white adipose tissue (WAT), such as subcutaneous (SAT) and visceral (VAT), are biologically distinct, consequently, exhibited different biological effects on the health. WAT produces and secretes a variety of adipokines, such as interleukin-6 (IL-6), tumor necrosis factor-alpha (TNF-α), adiponectin (ADIPOQ), secreted frizzled-related protein 1 (SFRP1) and vascular endothelial growth factor (VEGFA), that are important in several cell functions, including angiogenesis, inflammation and adipogenesis. Alterations in adipokines expression might contribute to the onset of co-morbidities of obesity. The activation of wingless-type (WNT)/β-catenin pathway inhibits of adipogenesis via the blockade of CCAAT/enhancer binding protein alpha (CEBPA) and the peroxisome proliferator-activated receptor gamma (PPARG), which are essential transcriptional regulators of adipocyte differentiation. Evidence showed that non-fibrillar collagen XVIII (COL18A1), a protein of the extracellular matrix, has been shown to be active in adipogenesis. The aim of this study was, through quantitative Polymerase Chain Reaction, evaluate the expression of genes involved in adipogenesis and inflammation in SAT and VAT of women with severe obesity. The main results showed that i) the expression of the gene CEBPA in SAT is higher than in VAT of women with obesity ii) SAT CEBPA gene expression is higher in obese women with T2DM/IGT than in obese women with normal tolerance glucose tolerance (NGT), iii) the expression of SFRP1 gene in VAT was lower in women with T2D/IGT than those with NGT, iv) VAT COL18A1 gene expression was associated with better HDL levels and tolerance glucose. These results showed that the expression of genes involved in adipogenesis and inflammation differs in distinct WAT deposits and the expression of these genes were correlated with the metabolic parameters in obese individuals. This work contributes to a better understanding of the expression of genes related to these biological processes in SAT and VAT of patients with severe obesity.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/4514
Aparece nas coleções:PPGBIO - Teses de doutorado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_6413_Tese_Karine Lourenzone.pdf5.33 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.