Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/5205
Título: PADRÕES FOLIARES PARA CAFEEIRO CONILON NO NORTE DO ESPÍRITO SANTO: PRÉ-FLORADA E GRANAÇÃO
Autor(es): GOMES, W. R.
Orientador: PARTELLI, F. L.
Palavras-chave: Coffea canephora
robusta
conilon
faixa de suficiência
Data do documento: 12-Dez-2013
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: GOMES, W. R., PADRÕES FOLIARES PARA CAFEEIRO CONILON NO NORTE DO ESPÍRITO SANTO: PRÉ-FLORADA E GRANAÇÃO
Resumo: O Brasil ocupa o ranking de maior produtor de café com 33,1% da produção mundial safra 2011. O Espírito Santo apresenta no cenário nacional como o maior produtor da variedade conilon com uma área de 311.197 ha safra 2013 e produção de 9.713 milhões de sacas safra 2012 beneficiadas com produtividade do conilon de 34,68 saca ha-1, 40% maior que a produção nacional de 24,8 sc ha-1 (conilon e arábica). O cafeeiro conilon, algumas lavouras podendo atingir produtividade acima de 150 saca ha-1 com a utilização de tecnologias, tais como, utilização de genótipos adaptados, podas e desbrotas, controle fitossanitário, irrigação, fertilizações, entre outros. Um dos desafios principais está relacionado a avaliação do manejo nutricional. Vários métodos são empregados para buscar um bom diagnóstico, podemos destacar os métodos que utilizam análises de tecido vegetal, por utilizar a própria planta como extrator, quando bem calibrados são os que apresentam a maior segurança. Na prática é utilizado para a cultura do cafeeiro o método da Faixa de suficiência ou Nível Crítico, pela sua praticidade e facilidade na interpretação dos dados quantitativos, e o método qualitativo onde se avalia o equilíbrio entre os nutrientes comparados dual mente denominado DRIS - Sistema Integrado de Diagnose e Recomendação, o PRA- Potencial de Resposta a Adubação, é um conceito com o propósito de separar os nutrientes através dos índices DRIS, entre mais ou menos limitantes e sugestão de ajustar as adubações. Para se utilizar essas ferramentas é necessários que sejam determinadas padrões de referências confiáveis. Existe normas gerais e específicas, algumas específicas apresentam maior acurácia em relação as gerais. Normas específicas não devem ser usada fora da área onde as deram origem. Foi determinado Faixa de Suficiência e Normas Dris para lavoura de cafeeiro conilon com potencial produtivo de 100 sc.ha-1 para sete genótipos de cafeeiro conilon da variedade Vitória Incaper 8142, para o norte do Espírito Santo em duas épocas fenológica pré florada e enchimento dos grãos. Houve diferença significativa entre épocas e também entre genótipos. As faixas e normas DRIS devem ser utilizadas somente para as condições que foram geradas, caso contrário não representar adequadamente as lavouras sob diagnóstico.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/5205
Aparece nas coleções:PPGAT - Dissertações de Mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_7268_33 - DISSERTAÇÃO WANDER RAMOS GOMES.pdf522.87 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.