Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/5860
Título: Uso da furazolidona no tratamento clínico de cães com leishmaniose tegumentar americana
Autor(es): Barcellos, Márcio Paiva
Orientador: Zanini, Marcos Santos
Palavras-chave: Leishmania (V.) braziliensis
Terapia medicamentosa
Cão - doenças nitrofuranos
Dog deseases
Drug therapy
Nitrofurans
Data do documento: 19-Jul-2013
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: BARCELLOS, Márcio Paiva. Uso da furazolidona no tratamento clínico de cães com leishmaniose tegumentar americana. 2013. 77 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Veterinárias) - Universidade Federal do Espírito Santo, Alegre, 2013.
Resumo: American cutaneous leishmaniasis (ACL) is a widespread disease in several countries. As recommended by the Brazilian Ministry for Health, a treatment of animals is contraindicated. The aim of this study was to test the use of furazolidone (FZ) to treat lesions in dogs suffering from ACL. The study was conducted with nine dogs with lesions and the presence of ACL as confirmed by ELISA and PCR for biopsy and culture for Leishmania (V.) braziliensis. The drug was administered orally in a concentration of 20 mg / kg every twelve hours for seven days, in three steps with an interval of 10 days, accompanied by laboratory monitoring of hematological and biochemical patterns. A regression of the lesion was observed in seven animals. FZ has proven an effective drug in the remission of lesions in dogs with ACL injury
A leishmaniose tegumentar americana (LTA) é uma doença difundida em diversos países e os derivados antimoniais pentavalentes são as drogas de escolha no tratamento desta enfermidade para humanos, porém como recomendado pelo Ministério da Saúde, é contra indicado para o tratamento em animais, justificando a busca de novas terapias para o tratamento da LTA em caninos. O objetivo deste trabalho foi testar o uso da furazolidona (FZ) no tratamento de lesões cutâneas em cães portadores de LTA. O estudo foi feito em nove cães com lesões da doença confirmados por técnicas de ELISA, biópsia para PCR e cultura para Leishmania (V.) braziliensis. O medicamento foi administrado via oral na dosagem de 20 mg/Kg a cada doze horas durante sete dias, em três etapas com intervalo de 10 dias, foram realizados exames laboratoriais para monitoramento dos padrões hematológicos e bioquímicos. A regressão da lesão foi observada em 77,77% dos animais, o que demonstrou o efeito terapêutico da droga no tratamento clínico das lesões dos cães com LTA
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/5860
Aparece nas coleções:PPGCV - Dissertações de Mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Marcio Paiva Barcellos.pdf766.62 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.