Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/6483
Título: Capitalismo contemporâneo e desenvolvimento tecnológico : duas abordagens teóricas: marxista e cognitiva
Autor(es): Silveira, Tânia Maria
Orientador: Mendonça, Luiz Jorge Pessôa Vasconcelos de
Palavras-chave: Capitalismo
Inovação tecnológica
Acumulação
Trabalho imaterial
Força de trabalho
Força-invenção
Exploração
Contradição
Capitalism
Technological innovation
Accumulation
Immaterial labor
Labor force
Inventive force
Exploitation
Contradiction
Data do documento: 24-Out-2012
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: SILVEIRA, Tânia Maria. Capitalismo contemporâneo e desenvolvimento tecnológico: Duas abordagens teóricas: marxista e cognitiva. 2012. 89 f. Dissertação (Mestrado em Política Social) - Programa de Pós-Graduação em Política Social, Universidade Federal do Espírito Santo, Vitória, 2012.
Resumo: This dissertation approaches the role of technological development in capitalism. It consists in a theory review based on two lines of thought: Karl Marx s analysis and the thesis of cognitive capitalism according to Yann Moulier-Boutang s proposition. Besides presenting the way Marx viewed technological innovation and its consequences to the production process, this study analyzes why scholars of cognitive capitalism sustain that the mode of production, based on information and communication technologies, modifies capitalism. Given the broadness of this issue, the effects of information technologies on the labor process and valorization of capital were adopted as the main element in this study. Concerning this point, the study found those theories to converge in relation to centrality of labor, but to diverge in terms of understanding productive labor. For Marx, labor produces value, whereas the exploitation of exceeding labor-time values capital; for Moulier-Boutang, value is the result of exploiting immaterial labor and inventive-force, i.e. the computer-network brains. Therefore, knowledge is considered an economic factor.
Esta dissertação estuda o papel do desenvolvimento tecnológico no capitalismo e consiste em revisão teórica baseada em duas linhas de pensamento, a análise de Karl Marx e a tese do capitalismo cognitivo segundo a proposição de Yann Moulier-Boutang. Além de apresentar como Marx explicitou a inovação tecnológica e suas consequências no processo de produção, analisa por que os pensadores do capitalismo cognitivo sustentam que o modo de produção, baseado nas novas tecnologias da informação e da comunicação, modifica o capitalismo. Dado a abrangência do assunto, foram adotados como elemento principal de análise os efeitos das tecnologias informacionais sobre o processo de trabalho e a valorização do capital. Neste ponto estudado verificou-se que essas teorias são convergentes quanto à centralidade do trabalho e divergentes quanto à compreensão do trabalho produtivo. Em Marx, é a força do trabalho que produz valor, e a exploração do tempo de trabalho excedente valoriza o capital; em Moulier-Boutang, o valor é resultado da exploração do trabalho imaterial e da força-invenção pelos cérebros conectados em rede de computadores, portanto, o conhecimento é considerado fator econômico
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/6483
Aparece nas coleções:PPGPS - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
Tania Maria Silveira.pdf719.82 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.