Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/6958
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorMENDES, A. N. F.
dc.creatorPEROVANO, L. P.
dc.date.accessioned2018-03-22T16:03:01Z-
dc.date.available2018-02-21
dc.date.available2018-03-22T16:03:01Z-
dc.date.issued2017-12-13
dc.identifier.citationPEROVANO, L. P., DESENVOLVIMENTO DE RECURSOS DIDÁTICOS PARA ALUNOS CEGOS: UM ESTUDO DE CASO NO ENSINO DE REAÇÕES QUÍMICASpor
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufes.br/handle/10/6958-
dc.description.abstractA carência de recursos didáticos adequados às necessidades educacionais de alunos cegos configura-se uma barreira de acesso a diversos conteúdos, principalmente no processo de ensino-aprendizagem de Química. Neste contexto, surge a necessidade de se adotar estratégias de ensino capazes de assegurar que os elementos curriculares sejam acessíveis, indo ao encontro dos objetivos do processo de inclusão escolar, que visa oferecer as mesmas oportunidades de aprendizagem a todos os alunos. Em função disso, o desenvolvimento desse trabalho está direcionado a elaboração de recursos didáticos para o ensino de Química a estudantes cegos, numa perspectiva inclusiva. Optamos pelo tema reações químicas, pois este constitui como um dos eixos centrais da Química e entende-las é primordial. A abordagem histórico-cultural constituiu a base teórica do estudo, sendo fundamentada nas ideias do russo Lev Semenovitch Vigotski. A pesquisa baseou-se na utilização de uma metodologia qualitativa, na qual os dados foram obtidos por meio de observações no contexto escolar e por meio de entrevistas semiestruturadas. Participaram desta pesquisa uma aluna cega, seu professor de Química e a professora do atendimento educacional especializado. A análise dos dados obtidos indicou lacunas na formação inicial e continuada do professor de Química, o que pode explicar a ausência de práticas de ensino acessíveis para a aluna cega. Os resultados também demonstraram que a aluna, apesar de estar regularmente matriculada na terceira série do ensino médio, apresentava pouco conhecimento em relação ao conteúdo investigado e outros conteúdos básicos de Química. Diante disso, optamos por realizar aulas de nivelamento com a estudante que tiveram como objetivo realçar alguns conceitos químicos que teoricamente já foram ensinados para aluna. Em termos gerais, verificamos que a utilização dos recursos didáticos concretos, associada a mediação estabelecida com os demais colegas e professor, foi fundamental para a internalização dos conceitos científicos abordados nas aulas de Química.por
dc.formatapplication/pdfpor
dc.publisherUniversidade Federal do Espírito Santopor
dc.titleDESENVOLVIMENTO DE RECURSOS DIDÁTICOS PARA ALUNOS CEGOS: UM ESTUDO DE CASO NO ENSINO DE REAÇÕES QUÍMICASpor
dc.typemasterThesisen
dc.contributor.advisorcoMOL, G. S.
dc.contributor.memberMELO, D. C. F.
dc.contributor.memberROCHA, S. M. S.
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Ensino na Educação Básicapor
dc.publisher.initialsUFESpor
dc.publisher.courseMestrado em Ensino na Educação Básicapor
Appears in Collections:PPGEEB – Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese_11526_Resumo Lais.pdf9.75 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.