Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/6959
Title: O desembarque da Matemática Moderna no Ensino Normal de Itamaraju: contextos do Ginásio Augusto Carvalho e do Colégio Vera Cruz (1964-1970)
metadata.dc.creator: BRITO, M. G. C. A.
Issue Date: 20-Dec-2017
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Citation: BRITO, M. G. C. A., O desembarque da Matemática Moderna no Ensino Normal de Itamaraju: contextos do Ginásio Augusto Carvalho e do Colégio Vera Cruz (1964-1970)
Abstract: Analisa o processo de desembarque do Movimento da Matemática Moderna na formação dos professores primários no Ginásio Normal Augusto Carvalho e no Colégio Normal Vera Cruz, na cidade de Itamaraju/Bahia. Procura responder a indagação: Quais permanências e descontinuidades marcaram o ensino de matemática nas escolas normais com o desembarque do Movimento da Matemática Moderna na cidade de Itamaraju, no período compreendido de 1964 a 1970? Doravante essa questão, objetiva compreender as mudanças no ensino de matemática a partir da chegada do Movimento da Matemática Moderna na formação dispensada pelas Escolas Normais, da cidade de Itamaraju, no período de 1964 a 1970. Para tal, [1] analisa na literatura da educação matemática, estudos sobre o MMM na formação de professores; [2] investiga em documentos oficiais, contextos do Ginásio Normal Augusto Carvalho e do Colégio Normal Vera Cruz; [3] compara propostas curriculares, adotadas no período nas instituições formadoras, destacando nas disciplinas ofertadas permanências e descontinuidades ocorridas na formação matemática dos futuros professores; [4] Investiga elementos da Matemática Moderna a ensinar e para ensinar na formação dos normalistas após o término do ensino de segundo ciclo normal em Itamaraju. A partir de uma pesquisa qualitativa de cunho histórico-documental, faz uso da História Cultural, destacando os conceitos de representação, apropriação e pratica (Chartier, 1990); cultura escolar (Julia, 1995); estratégias e táticas (De Certeau, 1994). O período escolhido está atrelado a importantes modificações políticas e educacionais no ensino Brasileiro, ou seja, 1964 marca o início do funcionamento do Ginásio Normal Augusto Carvalho, seguido do Colégio Normal Vera Cruz, e 1970 assinala o último ano da vigência da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional 4024/61. Usa como fontes atas; livros de exames de admissão; legislações locais e de âmbito nacional, diários, cadernos de estágio e; entrevistas com ex-alunos e ex-professoras das instituições pesquisadas. Os resultados constatam mudanças nos exames de admissão, a partir de 1967 e a inserção da teoria dos conjuntos em tais exames a partir de 1970. Apresenta a descontinuidade nos currículos de primeiro e segundo ciclos entre as instituições, por meio do livro didático contendo as bases do movimento modernização. Constata a partir da comparação entre os diários de classe, cadernos de estágio e livros didáticos uma disparidade entre a Matemática Moderna a ensinar e para ensinar nos contextos pesquisados, oscilando entre uma matemática tradicional e preceitos da Matemática Moderna.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/6959
Appears in Collections:PPGEEB – Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese_11533_Texto para defesa_Mirian Gelli docx.pdf4.05 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.