Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/7100
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorBASTOS FILHO, T. F.
dc.date.accessioned2018-08-01T21:35:00Z-
dc.date.available2018-08-01
dc.date.available2018-08-01T21:35:00Z-
dc.identifier.citationLYRA, J. O. M., JOGOS SÉRIOS PARA REABILITAÇÃO DE MEMBROS INFERIORES DE PACIENTES PÓS-AVC UTILIZANDO KINECT, AMBIENTES VIRTUAIS E SINAIS MIOELÉTRICOSpor
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufes.br/handle/10/7100-
dc.publisherUniversidade Federal do Espírito Santopor
dc.titleJOGOS SÉRIOS PARA REABILITAÇÃO DE MEMBROS INFERIORES DE PACIENTES PÓS-AVC UTILIZANDO KINECT, AMBIENTES VIRTUAIS E SINAIS MIOELÉTRICOSpor
dc.typemasterThesisen
dc.contributor.memberNAVES, E. L. M.
dc.contributor.memberFERNANDES, A. A. R.
dcterms.abstractIncapacidades motoras são os sintomas mais comuns após o Acidente Vascular Cerebral (AVC). Quando os membros inferiores são afetados, a realização de atividades da vida diária fica comprometida. Um desenvolvimento recente no campo da reabilitação é o uso de jogos sérios utilizando em ambientes virtuais (AV), e sensores de movimento associados ao biofeedback sEMG. Por meio deste biofeedback, os sinais mioelétricos do músculo são convertidos em informações visuais e sonoras, permitindo ao paciente controlar sua atividade muscular. O objetivo deste trabalho é conceber e avaliar uma tecnologia assistiva (TA), na forma de jogos sérios, focada na reabilitação de membros inferiores de voluntários pós-AVC. A TA é composta por AVs, e por sensores de movimento e de eletromiografia de superfície (sEMG). O sistema foi desenvolvido levando-se em consideração as limitações funcionais e habilidades residuais do público alvo, buscando criar um ambiente motivador e de fácil uso. A TA é capaz de fornecer um biofeedback em tempo real, mostrando na tela do AV o nível de ativação muscular do usuário. Os AVs desenvolvidos têm como objetivo motivar os voluntários, a fim de que realizem movimentos de levantar-se/sentar-se e extensão/flexão de joelho. Para avaliar o sistema foram realizados testes com nove voluntários pós-AVC. Os resultados das avaliações, feitas por meio das métricas System Usability Scale (SUS), Goal Attainment Scale (GAS) e Questionário de Avaliação do Ambiente Virtual (QAAV), revelaram que o sistema foi bem avaliado pelos voluntários, ressaltando-se alguns pontos a serem melhorados nas próximas versões do sistema. Adicionalmente, uma análise feita nos sinais mioelétricos e amplitude dos movimentos revelou que o sistema foi eficiente no que se propôs a realizar. Palavras-chave: acidente vascular cerebral, jogos sérios, reabilitação, biofeedback, eletromiografia e ambientes virtuais.por
dcterms.creatorLYRA, J. O. M.
dcterms.formatapplication/pdfpor
dcterms.issued2016-11-17
dcterms.subjectacidente vascular cerebralpor
dcterms.subjectjogos sériospor
dcterms.subjectreabilitaçãopor
dcterms.subjectbiofpor
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Biotecnologiapor
dc.publisher.initialsUFESpor
dc.publisher.courseMestrado em Biotecnologiapor
Appears in Collections:PPGBIO - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese_10494_Dissertação_Janaína de Oliveira Muniz Lya20161207-100624.pdf2.61 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.