Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/7635
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorARANTES, M. D. C.
dc.date.accessioned2018-08-01T22:35:40Z-
dc.date.available2018-08-01
dc.date.available2018-08-01T22:35:40Z-
dc.identifier.citationSILVA, S. B., CARACTERIZAÇÃO DE PELLETS DE DIFERENTES BIOMASSAS PARA FINS ENERGÉTICOSpor
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufes.br/handle/10/7635-
dc.publisherUniversidade Federal do Espírito Santopor
dc.titleCARACTERIZAÇÃO DE PELLETS DE DIFERENTES BIOMASSAS PARA FINS ENERGÉTICOSpor
dc.typemasterThesisen
dc.contributor.memberFANTUZZI NETO, H.
dc.contributor.memberOLIVEIRA, J. T. S.
dcterms.abstractA compactação de diferentes materiais lignocelulósicos é uma das alternativas para melhorar os problemas relacionados à produção energética e diminuir o uso de fontes derivadas de combustíveis fósseis. Diante do exposto, teve-se por objetivo avaliar a potencialidade energética de pellets produzidos com diferentes biomassas, tais como madeira de eucalipto de um clone do híbrido de Eucalyptus grandis x Eucalyptus urophylla, bagaço de cana-de-açúcar (Saccharun officinarum L.) e capim-elefante (Pennisetum purpureum Schum). Para a produção dos pellets utilizou-se diferentes composições. A umidade e granulometria das partículas foram determinadas de acordo com as características de cada material. Determinou-se a densidade a granel e energética; os teores de extrativos totais, lignina total, cinzas e poder calorífico superior das composições e dos pellets. Para os pellets além das análises supracitadas, determinou-se ainda, a durabilidade mecânica, teor de finos, compressão diametral, diâmetro, comprimento e densidade unitária. O processo de peletização das biomassas resultou em aumento do poder calorífico superior, densidade a granel e energética e redução da umidade dos combustíveis produzidos. Os pellets produzidos com duas biomassas obtiveram melhor desempenho do que aqueles produzidos com apenas uma biomassa. De modo geral, o desempenho dos pellets produzidos foi superior ao pellet comercial. Os pellets com 50% de capim-elefante e 50% de madeira de eucalipto se destacaram, com relação ao poder calorífico superior, densidade a granel e energética, durabilidade mecânica e densidade unitária. Os pellets produzidos atenderam a norma alemã em alguns requisitos. Palavras-Chave: Energia, Fontes renováveis, Densificação.por
dcterms.creatorSILVA, S. B.
dcterms.formatapplication/pdfpor
dcterms.issued2016-07-15
dcterms.subject1por
dcterms.subjectEnergiapor
dcterms.subject2por
dcterms.subjectFontes renováveispor
dcterms.subject3por
dcterms.subjectBiocombustíveispor
dcterms.subjectpor
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Ciências Florestaispor
dc.publisher.initialsUFESpor
dc.publisher.courseMestrado em Ciências Florestaispor
Appears in Collections:PPGCF - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese_10035_SANDRA BEZERRA DA SILVA - 2016.pdf873.14 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.