Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/7732
Título: Atividade secretória e histologia uterina de cadelas Pré-púberes com ablação parcial do desenvolvimento das glândulas endometriais.
Autor(es): Martins, Bianca Barcelos
Orientador: LUZ, M. R.
Palavras-chave: acetato de medroxiprogesterona
produção de muco
cadelas
Data do documento: 26-Ago-2013
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: MARTINS, Bianca Barcelos. Atividade secretória e histologia uterina de cadelas Pré-púberes com ablação parcial do desenvolvimento das glândulas endometriais.
Resumo: O uso de esteróides com ações no sistema reprodutor feminino pode afetar o desenvolvimento e diferenciação uterina, podendo levar a alteração no desenvolvimento das glândulas endometriais, com diminuição da eficiência reprodutiva e até mesmo esterilidade. Desta forma, esta metodologia poderia ser aplicada no controle populacional de cães. Entretanto, nos casos de inibição parcial do desenvolvimento das glândulas, não se conhece os efeitos dos esteróides sobre a funcionalidade das glândulas formadas, bem como a possível ocorrência de fibrose endometrial. Objetivou-se avaliar a atividade secretória das glândulas endometriais de cadelas pré-púberes submetidas a protocolo de ablação parcial da adenogênese uterina. Foram utilizadas dezesseis fêmeas, sem raça definida, de ninhadas diferentes, distribuídas nos grupos MPA (n = 8), fêmeas que receberam aplicações de acetato de medroxiprogesterona (10mg/kg/SC), a cada 3 semanas, desde o dia 1 após nascimento até a idade de 6 meses, e C (n = 8), fêmeas controle, não tratadas, que receberam aplicações de solução de NaCl 0,9%, de maneira similar as tratadas. Aos 6 meses de idade, foi realizada ovariohisterectomia em todos os animais, e amostras dos cornos uterinos foram coletadas e fixadas para exame histológico e de histoquímica. Para avaliar a intensidade de secreção (graus 1-4), foram utilizadas as colorações de Periodic Acid Schiff (PAS) e Alcian Blue (AB) pH 2,5. Para a avaliação histológica foram utilizadas as colorações de Tricrômico de Masson e Azul de Toluidina. A análise estatística foi realizada pelo teste Kruskal-Wallis, pelo software R, com nível de significância de 5%. Nenhuma cadela, em ambos os grupos, apresentou hiperplasia cística endometrial (HCE) e presença de conteúdo no interior do lúmen uterino. Para coloração de PAS apenas marcações graus 1 (ausente) e 2 (discreta) foram observadas em ambos os grupos, sem diferença na intensidade de secreção uterina entre grupos com relação aos graus encontrados. Entretanto, o grupo 8 MPA apresentou maior intensidade de secreção uterina (grau 2) em relação ao grupo (p<0,05). Com relação ao AB pH 2,5, em ambos os grupos também for encontradas apenas marcações de graus 1 (ausente) e 2 (discreta), sem diferença estatística entre grupos com relação a intensidade de secreção uterina. Não foram observadas marcações para a coloração de Tricrômico de Masson na região periglandular, em ambos os grupos. Foi observada maior quantidade de mastócitos presentes no útero na região do miométrio em relação ao endométrio, em ambos os grupos. Conclui-se que cadelas pré-púberes com ablação parcial da adenogênese uterina apresentam mínima atividade secretória uterina, ausência de fibrose periglandular e maior presença de mastócitos no miométrio em relação ao endométrio.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/7732
Aparece nas coleções:PPGCV - Dissertações de Mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_6594_BIANCA BARCELOS MARTINS20140319-135604.pdf1.64 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.