Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/7750
Título: Necessidade de treonina, metionina+cistina e lisina digestível para juvenis de tambaqui (colossoma macropomum)
Autor(es): Gonçalves Júnior, Lucas Pedro
Orientador: Mendonça, Pedro Pierro
Palavras-chave: Aminoácido
Caracideos
Espécie nativa
Nutrição
Amino acid
Caracideos
Native species
Nutrition
Data do documento: 4-Fev-2015
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: Objetivando-se determinar as necessidades nutricionais de lisina, treonina e metionina+cistina digestível para juvenis de tambaqui (Colossoma macropomum). Foram realizados três experimentos no Laboratório de Nutrição e Produção de Espécies Ornamentais, Setor de Aquicultura do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Espírito Santo Campus de Alegre. Todos experimentos foram realizados utilizando-se delineamento inteiramente ao acaso (DIC). Os tratamentos corresponderam aos níveis de aminoácido digestível (Treonina= 0,70; 0,77; 0,84; 0,91; 0,98%; Metionina+cistina= 0,66; 0,73; 0,80; 0,87; 0,94%; Lisina=1,15; 1,45; 1,75; 2,05%). As dietas basais foram isoproteicas (25% de proteína bruta) e isocalóricas (3200 Kcal.Kg-1). As unidades experimentais foram compostas por oito juvenis de tambaqui em caixas de volume útil de 40L em sistema de recirculação de água, equipado por filtragem biológica e aquecimento por aquecedores com termostato. O desempenho produtivo foi avaliado pelo ganho de peso (GP), conversão alimentar aparente (CAA), taxa de eficiência proteica (TEP), taxa de crescimento específico (TCE), índice hepatossomático (IHS) e o índice de gordura visceral (IGV). Os resultados obtidos foram submetidos à análise de variância e análise de regressão. Foi observado efeito quadrático (P<0,05) dos níveis de treonina digestível na taxa de crescimento específica e a conversão alimentar aparente. Os níveis de treonina também influenciaram a taxa de eficiência proteica (P=0,057) e taxa de eficiência de treonina (P=0,053). Os níveis de metionina+cistina digestível não influenciaram (P<0,05) o índice hepatossomático, índice de gordura visceral e o consumo de ração. O ganho de peso e a taxa de eficiência proteica apresentaram aumento (P<0,05) linear crescente em função do aumento dos níveis de metionina+cistina digestível. Os níveis de lisina digestível não influenciaram (P<0,05) o índice hepatossomático, índice de gordura visceral, o ganho de peso e o consumo de ração. O comprimento total e taxa de eficiência proteica apresentaram comportamento linear crescente (P<0,05) em função dos níveis de lisina digestível. Com base nos resultados obtidos pode-se concluir que os níveis de 0,98%, 0,94% e 2,05% de treonina, metionina+cistina e lisina digestíveis respectivamente atendem a nessecidade para juvenis de tambaqui.
Aiming to determine the nutritional needs of digestible threonine, methionine+cystine and lysine, for tambaqui (Colossoma macropomum). Three experiments were conducted in the Nutrition Laboratory and Production of Ornamental Species, Aquaculture Sector of the Federal Institute of Education, Science and Technology of the Espírito Santo Campus Alegre. All experiments were performed using the completely randomized design (CRD). The treatments of digestible amino acid (threonine = 0,70; 0,77; 0,84; 0,91; 0,98%; methionine+cystine = 0,66; 0,73; 0,80; 0,87; 0,94%; Lysine= 1,15; 1,45; 1,75; 2,05%). The basal diets were isonitrogenous (25% crude protein) and isocaloric (3200 Kcal.Kg-1 ). The experimental units consisted of eight tambaqui accommodated in boxes of usable volume of 40 L in water recirculation equipped for biological filtration and heater with thermostat. The productive performance was evaluated by weight gain (GP), feed conversion (CAA), protein efficiency rate (TEP), specific growth rate (TCE), hepatosomatic index (IHS) and the index of visceral fat (IGV). The results were submitted to variance of analysis and regression analysis. Quadratic effect was observed (P<0.05) levels of threonine in the specific growth rate and feed conversion. Threonine levels also influenced the protein efficiency ratio (P=0,057) and threonine efficiency rate (P=0,053)The methionine+cystine did not influence (P<0,05) hepatosomatic index, index of visceral fat and feed intake. The weight gain rate and efficiency of protein had (P<0,05) linear increase according to the methionine+cystine levels. The lysine levels did not affect (P<0,05) hepatossomatic index, visceral fat index, weight gain and feed intake. The total length and protein efficiency ratio showed a linear behavior (P<0,05) according to the lysine levels. Based on the results obtained it can be concluded that the levels of 0,98%, 0,94% and 2,05% threonine, methionine+cystine and lysine respectively meet the need for tambaqui.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/7750
Aparece nas coleções:PPGCV - Dissertações de Mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_7260_Lucas Pedro Gonçalves.pdf1.27 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.