Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/7772
Título: Manejo alimentar de juvenis de acará-bandeira (Pterophyllum scalare)
Autor(es): SELVATICI, P. C.
Orientador: MENDONCA, P. P.
Palavras-chave: Nutrição
peixe ornamental
restrição alimentar
Data do documento: 25-Fev-2016
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: SELVATICI, P. C., Manejo alimentar de juvenis de acará-bandeira (Pterophyllum scalare)
Resumo: O Brasil é considerado o maior celeiro de espécies ornamentais de água doce. O acará bandeira (Pterophyllum scalare), está entre as espécies ornamentais mais conhecidas e comercializadas, devido a sua beleza e docilidade, bem como também se adaptar a vários sistemas de produção. As formas de cultivo são variadas e muitas vezes despadronizadas, sendo cada produtor dono de uma forma de cultivo e alimentação. No mercado ornamental os animais são vendidos por unidade, um animal maior e mais bonito, é, consequentemente mais caro. O manejo alimentar adequado para as formas jovens ainda é um parâmetro que precisa ser avaliado. Assim o objetivo do trabalho foi avaliar a influência da restrição e freqüência alimentar no desempenho produtivo, do acará bandeira (P. scalare). O experimento foi conduzido no Laboratório de Nutrição e Produção de Espécies Ornamentais do Instituto Federal do Espírito Santo Campus de Alegre. Foram utilizados 288 juvenis de acará bandeira com peso médio de 561,0 mg e comprimento médio de 1,86 cm, distribuídos em 48 unidades experimentais. As unidades experimentais tinham capacidade de 6L, com aeração constante e com 6 animais por balde. Foram testados três períodos de restrição (alimentados todo dia, a cada dois dias e a cada quatro dias) e quatro freqüências de alimentação ( 1 vez ao dia, 2 vezes ao dia, 4vezes ao dia, 6 vezes ao dia), caracterizando um fatorial 3x4. Os tratamentos foram combinados e distribuídos de forma aleatória, utilizando DIC. Para análise dos resultados obtidos foi utilizado o programa estatístico Sisvar 5.6. Os animais submetidos a diferentes restrições alimentares mostram resultados significativos para quase todas as variáveis avaliadas. Os animais que tiveram um melhor desempenho foram os que não estavam submetidos a nenhuma restrição, tendo um ganho de peso de 157,82a±31,15, relativamente maior do que a restrição de quatro dias, 33,29b±20,57. Peixes alimentados uma vez ao dia e sem restrição apresentaram conversão alimentar 3,21a±0,98 e 2,75a±0,55, respectivamente, apesar de não haver efeito significativo nesta vairiável. Os resultados para sobrevivência só foi significativo para o efeito restrição, onde os animais sem restrição apresentaram sobrevivência de 98,61b±4,81, e os animais com quatro dias de restrição apresentaram uma sobrevivência de 79,17a±18,97. Peixes ornamentais são vendidos principalmente pelo tamanho, e neste experimento o comprimento total foi significativo para todos os efeitos, tanto restrição como frequência. Os animais sem restrição apresentaram melhor resultado para essa variável, 2,48a±0,16, e para a frequência, os animais alimentados 4 vezes, foram os que mostram melhor resultado, 2,29b± 0,28. O consumo de ração foi significativo apenas para o efeito restrição alimentar. O maior consumo de ração foi observado nos animais que não estavam sujeito a restrição, com valor de 426,16 a± 60,61. A taxa de crescimento específico também foi significativa apenas para o efeito restrição, e assim como o consumo de ração, o melhor resultado para essa variável também foi para os animais que não estavam sujeitos a restrição, com valor de 1,68 a±0,31. Os resultados da tep não foram significativos para nenhum dos tratamentos testados. A partir dos resultados obtidos neste trabalho, sugere-se uma alimentação diária aos juvenis de acará bandeira, sendo a quantidade de tratos a decidir pelo produtor. Porém, por fins econômicos, recomenda-se o trato de 2 vezes ao dia.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/7772
Aparece nas coleções:PPGCV - Dissertações de Mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_7874_Paula Del.pdf193.11 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.