Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/8132
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisorRosetti, Elizabeth Pimentel-
dc.date.accessioned2018-08-01T23:26:05Z-
dc.date.available2018-08-01-
dc.date.available2018-08-01T23:26:05Z-
dc.identifier.citationVALENTIM, Flavia Bridi. Abordagem em saúde pública da associação do conhecimento, condição periodontal e controle glicêmico de pacientes diabéticos tipo 2. 2018. 132 f. Dissertação (Mestrado em Clínica Odontológica) - Programa de Pós-Graduação em Clínica Odontológica, Universidade Federal do Espírito Santo, Vitória, 2018.por
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufes.br/handle/10/8132-
dc.publisherUniversidade Federal do Espírito Santopor
dc.subjectDiabetes mellitus type 2eng
dc.subjectPeriodontitiseng
dc.subjectHemoglobin A glycosylatedeng
dc.subjectDiabetes complicationseng
dc.subjectPublic healtheng
dc.titleAbordagem em saúde pública da associação do conhecimento, condição periodontal e controle glicêmico de pacientes diabéticos tipo 2por
dc.typemasterThesisen
dc.subject.udc616.314-
dc.subject.br-rjbnDiabetespor
dc.subject.br-rjbnPeriodontitepor
dc.subject.br-rjbnSaúde públicapor
dcterms.abstractIntrodução: O controle da periodontite auxilia a prevenção e o controle do diabetes mellitus (DM), e a compreensão dessa relação tem potencial de provocar mudanças na política de saúde. Objetivo: Verificar, em pacientes diabéticos, hábitos de higiene bucal; encaminhamento, assiduidade e histórico de atendimento odontológico; características clínicas bucais auto-observadas que possam estar relacionadas com a manifestação de periodontite; controle glicêmico do DM e sua relação com a periodontite; conhecimento sobre a doença periodontal (DP) e sua interação com o DM. Métodos: Foi realizada uma pesquisa epidemiológica analítica transversal, com 288 pacientes portadores de DM tipo 2 de ambos os sexos, não fumantes, com idade ≥18 anos e com pelo menos um dente. Utilizou-se um questionário estruturado validado para a coleta dos dados. Num segundo momento, foram selecionados, do total da amostra, apenas os 216 pacientes que possuíam exames de sangue recentes com hemoglobina glicada (HbA1c). O controle adequado do DM foi considerado com HbA1c ≤7%. Realizou-se análise estatística descritiva e regressões logísticas simples e múltipla. Resultados: Para a população estudada, mais de 90% dos pacientes relataram escovar os dentes duas vezes ao dia ou mais; mais de 60% informaram ter visitado um dentista no último ano; aproximadamente 80% já realizaram tratamento para DP; a taxa de encaminhamento médico para tratamento odontológico foi entre 13 e 15%; e mais ou menos metade dos pacientes apresentava periodontite. Pacientes com maior escolaridade, que utilizam fio dental diariamente, com periodontite e que receberam tratamento para essa doença apresentaram mais chances de ter recebido informações sobre o que é DP (p<0,05; OR>2). Pacientes com maior escolaridade e com mais tempo de diagnóstico do DM apresentaram maior chance de ter recebido explicação sobre a relação entre DP e DM (p<0,05; OR>2). Dentre os 216 pacientes que possuíam exame de sangue com taxa de HbA1c, 59,72% estavam com o DM controlado. Não foi observada associação significante (p=0,603) entre controle de HbA1c e presença de periodontite. Com referência aos pacientes com periodontite, também não foi encontrada associação entre controlar a HbA1c, ter sido informado sobre DP (p=0,921) e conhecer a sua relação com o DM (p=0,650). Conclusão: Os pacientes diabéticos deste estudo apresentaram hábitos adequados de higiene bucal, frequência de atendimento e tratamento odontológico, e a menor parte da amostra recebeu encaminhamento médico para o dentista. Foi observada relação entre conhecimento sobre DP e escolaridade, saúde bucal e tratamento odontológico. Não foi encontrada relação entre periodontite e controle glicêmico do DM.por
dcterms.abstractBackground: Periodontitis control aids to prevent and control the diabetes mellitus (DM) and the understanding of this relationship has the potential to cause changes health policy. Aim: To verify, in diabetic patients, oral hygiene habits; referral, attendance and dental care history; self-observed mouth clinical features that may be related to periodontitis manifestation; DM glycemic control and its relationship with periodontitis; knowledge of periodontal disease (PD) and its relationship with DM. Methods: A crosssectional epidemiological study was conducted with 288 patients with type 2 DM of both sexes, nonsmokers, aged ≥18 years and with at least one tooth. A validated structured questionnaire was used to data collection. In a second moment, only the 216 patients who had recent blood tests with glycated hemoglobin (HbA1c) were selected from the total sample. Adequate DM control was considered with HbA1c ≤7%. Descriptive statistical analysis and simple and multiple logistic regressions were performed. Results: For the study population, more than 90% of the patients reported brushing their teeth twice a day or more; more than 60% reported having visited a dentist in the last year; approximately 80% have already undergone PD treatment; the medical referral rate for dental treatment was between 13 and 15%; and about half of the patients had periodontitis. Patients with higher education level, who flossing daily, with periodontitis and who received treatment for this disease were more likely to have received information on what is PD (p <0.05; OR> 2). Patients with higher education level and longer DM diagnosis had a greater chance of being told about the relationship between PD and DM (p <0.05; OR> 2). Of the 216 patients who had a blood test with HbA1c rate, 59.72% had controlled DM. No significant association was observed (p=0.603) between HbA1c control and presence of periodontitis. For the patients with periodontitis, there was also no association between HbA1c control, being told about PD (p=0.921) and know about the relationship between PD and DM (p=0.650). Conclusion: The diabetic patients of this study had adequate oral hygiene habits, frequency of care and dental treatment, but only the smallest part of the sample received medical referral to the dentist. It was observed a relationship between the knowledge of PD and its relationship with education level, oral health and dental treatment. No relationship was found between periodontitis and glycemic control of DM.eng
dcterms.creatorValentim, Flavia Bridi-
dcterms.formatTexteng
dcterms.issued2018-02-06-
dcterms.languageporpor
dcterms.subjectDiabetes mellitus tipo 2por
dcterms.subjectConhecimentopor
dcterms.subjectHemoglobina A glicosiladapor
dcterms.subjectComplicações do diabetespor
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Clínica Odontológicapor
dc.publisher.initialsUFESpor
dc.subject.cnpqOdontologiapor
dc.publisher.courseMestrado em Clinica Odontológicapor
dc.contributor.refereePacheco, Karina Tonini dos Santos-
dc.contributor.refereeBarbosa, Alice Pfister Sarcinelli-
Aparece nas coleções:PPGCO - Dissertações de Mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_11947_DISSERTAÇÃO Flavia Bridi.pdf3.73 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.