Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/8308
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisorSALLES, F. F.
dc.date.accessioned2018-08-01T23:27:12Z-
dc.date.available2018-08-01
dc.date.available2018-08-01T23:27:12Z-
dc.identifier.citationGOMEZ, M. P. R., DNA-barcode na identificação de espécies do complexo Hermanella (Ephemeroptera: Leptophlebiidae) e relações filogenéticas do grupo baseadas em multi-genespor
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufes.br/handle/10/8308-
dc.publisherUniversidade Federal do Espírito Santopor
dc.titleDNA-barcode na identificação de espécies do complexo Hermanella (Ephemeroptera: Leptophlebiidae) e relações filogenéticas do grupo baseadas em multi-genespor
dc.typemasterThesisen
dc.contributor.memberMOLINERI, C.
dc.contributor.memberTOSTA, V. C.
dcterms.abstractO complexo genérico Hermanella é um conspícuo grupo de leptoflebídeos que atualmente compreende oito gêneros, apesar do caráter distintivo do grupo e da sua monofilia bem aceita a relação entre os seus membros, a atribuição correta de algumas espécies, e até mesmo o status supra-específico de alguns táxons ainda é objeto de debate. Por isso propomos aplicar o DNA-Barcode na delimitação das espécies do complexo Hermanella mediante o uso do valor de divergência média intraespecífica, corroborar esta delimitação mediante o uso dos modelos Poisson Tree Process (PTP) e o General Mixed Yule-Coalescent (GMYC) e inferir os relacionamentos filogenéticos entre os taxa através da reconstrução filogenética molecular utilizando marcadores mitocondriais e nucleares para comprovar a eficácia da delimitação de espécies por DNA-barcode. Foram utilizadas 13 espécies do complexo Hermanella e três do complexo Homothraulus. Ao todo foram amplificados dois fragmentos do DNA mitocondrial: Citocromo Oxidase I (COI) e Citocromo Oxidase II (COII); e dois genes nucleares: Histona 3 (HEX) e 28S região D1. As análises seguiram para o reconhecimento das espécies baseadas no gene COI (DNA-Barcode) aplicando o cálculo de divergência genética, o modelo PTP e o modelo GMYC, as análises filogenéticas foram conduzidas por Máxima Verossimilhança (MV) e Inferência Bayesiana (IB) para cada conjunto de dados de forma independente e concatenada. As análises do DNA-Barcode mostraram que das 13 espécies iniciais, sete puderam ser validadas como espécies filogenéticas: Hd. plagatus, Hd. primanus, Hd. gilliesae, Hm. sallesi, Hy. obliquus, Needhamella ehrhardti e T. insolita. Também apontaram que as seguintes populações são espécies filogenéticas diferentes: Hy. plaumanni haplótipo 23, Hy. plaumanni haplótipo 24, L. palpalis AP, L. palpalis ES, L. palpalis RO, L. palpalis RR, Needhamella sp. nov GO, Needhamella sp. nov PE, P. convexa AP, P. convexa BA, P. convexa RO e P. convexa RR. As topologias de MV e BI confirmaram que o complexo Hermanella é um grupo monofilético, recuperaram Hermanella como grupo irmão de Hylister e o gênero Hydrosmilodon como parafilético, encontraram a Needhamella relacionado à Paramaka e a Hd. gilliesae grupo irmão de Hd. primanus estando ambos relacionados com Leentvaaria. Todas as espécies filogenéticas definidas mediante o uso do DNA-barcode foram agrupadas como clados bem suportados nas hipóteses obtidas para IB e razoavelmente suportados para MV. Esta concordância entre os resultados é uma evidência que o DNA-barcode mostrou-se eficaz para delimitar as espécies do complexo Hermanella e os marcadores moleculares tiveram sucesso em recuperar hipóteses filogenéticas que complementam e suportam os resultados, porém vale ressaltar a importância dos estudos morfológicos, ecológicos e biogeográficos para enriquecer as informações obtidas no presente trabalho.por
dcterms.creatorGOMEZ, M. P. R.
dcterms.formatapplication/pdfpor
dcterms.issued2015-03-20
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Biodiversidade Tropicalpor
dc.publisher.initialsUFESpor
dc.publisher.courseMestrado em Biodiversidade Tropicalpor
dc.contributor.advisor-coPARESQUE, R.
Aparece nas coleções:PPGBT - Dissertações de Mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_8700_Dissertacao_Rozo MP_2015.pdf2.73 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.