Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/8392
Título: Da Disciplina Castrense à Ética do Cuidado de Si: Práticas e Experiências do Ensino de Filosofia no Colégio da Polícia Militar de Teixeira de Freitas-BA
Autor(es): BARROS, F. P.
Orientador: PAIVA, J. M.
Palavras-chave: Ensino
Filosofia
Militarismo
Estética da Existência
Data do documento: 27-Fev-2018
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: BARROS, F. P., Da Disciplina Castrense à Ética do Cuidado de Si: Práticas e Experiências do Ensino de Filosofia no Colégio da Polícia Militar de Teixeira de Freitas-BA
Resumo: Esta dissertação apresenta experiências do ensino de Filosofia no Colégio da Polícia Militar de Teixeira de Freitas, BA. O centro de investigação dessa pesquisa é: como se delineia e se configura o ensino de Filosofia no colégio da Polícia Militar de Teixeira de Freitas? Põe em evidência a construção das relações de ensino e aprendizagem em Filosofia e problematiza os limites e as possibilidades de se pensar e desenvolver o ensino de Filosofia como ética do cuidado de si, proposta por Michel Foucault, um modo de vida referente à estética da existência, nessa instituição disciplinadora. Toma como referencial metodológico a cartografia deleuziana, na qual aponta para o acompanhamento de processos que se fazem a partir de fluxos, forças, invenções, intensidades, movimentos, pensamentos, interações, invenções e agenciamentos. Utiliza a observação participante, questionários, entrevistas, redes de conversações e diário de campo. Recorre ao aporte teórico de Foucault (1984, 1997, 2004, 2006, 2010, 2014), Larrosa (1994) Veiga-Neto (2007), Gros (2006), Kohan (2009), Pradeau (2004), Gallo (2012). Além dos documentos oficiais: OCEM (2006), BNCC (2016), PCN (1998), PCN+ (2002). Os resultados apresentam fragilidades quanto aos processos de ensino e aprendizagem em Filosofia, por outro lado, apontam potencialidades de se promover experiências filosóficas criativas através do ensino e aprendizagem pautados na Filosofia como ética do cuidado de si, na estética da existência, afirmando, desta forma, que é possível um ensino de Filosofia que corrobore experiências filosóficas críticas e criativas.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/8392
Aparece nas coleções:PPGEEB – Dissertações de Mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_11815_66 - Fabio Pereira Barros.pdf2.52 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.