Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/8794
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisorVillaschi Filho, Arlindo-
dc.date.accessioned2018-08-01T23:39:03Z-
dc.date.available2018-08-01-
dc.date.available2018-08-01T23:39:03Z-
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufes.br/handle/10/8794-
dc.publisherUniversidade Federal do Espírito Santopor
dc.rightsOpenAccess-
dc.subjectProdução agrícolapor
dc.subjectAgricultural Credit Bank of Espírito Santoeng
dc.subjectFinancingeng
dc.subjectAgricultural Productioneng
dc.titlePara além da problemática cafeeira : a criação do Banco de Crédito Agrícola do Espírito Santo e o financiamento da agricultura capixaba (1889-1945)por
dc.typemasterThesisen
dc.subject.udc330-
dc.subject.br-rjbnBanco de Crédito Agrícola do Espírito Santo - História-
dc.subject.br-rjbnEconomia - Espírito Santo (Estado)-
dc.subject.br-rjbnCrédito agrícola-
dc.subject.br-rjbnProdutividade agrícola-
dcterms.abstractEssa pesquisa tem por objetivo analisar de que forma o Banco de Crédito Agrícola do Espírito Santo fomentou financiamento da agricultura capixaba. Primeiramente, ponderamos quais medidas adotadas pelo Governo Federal e Estadual, no período da Primeira República, auxiliaram no progresso da economia agroexportadora brasileira e capixaba, pautada pela exportação de café. Analisaremos como as políticas nacionais de valorização do café adotadas no período afetaram o Espírito Santo e quais as medidas foram adotadas pelo estado para fomentar a cafeicultura local. Por conseguinte, abordaremos a problemática do financiamento da produção cafeeira na Primeira República e, posteriormente, de que forma esse financiamento agrícola foi articulado entre 1937-1945. De tal modo, discutiremos como a atuação do Banco de Crédito Agrícola promoveu o financiamento da lavoura capixaba e se, de alguma forma, contribuiu para diminuição de sua dependência das demais praças comerciais.por
dcterms.abstractThe aim of this research is to analyze how the Agricultural Credit Bank of Espírito Santo fostered financing of Espírito Santo agriculture. Firstly, we pondered what measures adopted by the Federal and State Government in the First Republic period helped the progress of the Brazilian agro-exporting economy and the state of Espírito Santo, guided by the export of coffee. We will analyze how the national coffee valorization policies adopted in the period affected the Holy Spirit and what measures were adopted by the state to promote local coffee. We will therefore address the problem of financing coffee production in the First Republic and, subsequently, how this agricultural financing was articulated between 1937-1945. In this way, we will discuss how the Agricultural Credit Bank's operations promoted the financing of the Capixaba agriculture and if, in any way, it contributed to decrease its dependence on the other commercial squaresen
dcterms.creatorBertolani, Mayara Lyra-
dcterms.formattextpor
dcterms.issued2017-08-10-
dcterms.languagepor-
dcterms.subjectFinanciamento-
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Economiapor
dc.publisher.initialsUFESpor
dc.subject.cnpqTeoria Econômica-
dc.publisher.courseMestrado em Economiapor
dc.contributor.refereeArthmar, Rogério-
dc.contributor.refereeMorandi, Angela Maria-
dcterms.creator.orcid0000000321093421-
frapo.hasFundingAgencyCAPES-
Aparece nas coleções:PPGECO - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_9128_Dissertação_Versão Final_22.08.2017.pdf2.16 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.