Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/9184
Título: O NOME NAS CANTIGAS SATÍRICAS: ESTUDO DE (POSSÍVEIS) PERSONAGENS MOUROS À LUZ DA INTERPRETATIO NOMINIS
Autor(es): VERISSIMO, T. C.
Orientador: SODRE, P. R.
Data do documento: 29-Set-2017
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: VERISSIMO, T. C., O NOME NAS CANTIGAS SATÍRICAS: ESTUDO DE (POSSÍVEIS) PERSONAGENS MOUROS À LUZ DA INTERPRETATIO NOMINIS
Resumo: O interesse desta Tese centra-se na análise de cantigas de escárnio e maldizer galego-portuguesas que tenham como satirizados personagens mouros com nomes. A partir da interpretatio nominis, das questões que envolvem o gênero satírico trovadoresco peninsular (sobretudo a hequivocatio) e da noção de cantigas como jogo de palavras (jugar de palabras) para entretenimento cortesão, o processo de investigação dessa modalidade de sátira medieval nos possibilita inquirir a respeito da motivação nominal, sendo tal recurso, o da utilização de nomes onomasticamente ativos como um dos signos que sustentam o jogo risível, um componente retórico valioso para a poética escarninha. Diante dessa constatação, é possível que o nome satírico do personagem mouro naquelas cantigas possa ampliar o entendimento e as significações muito mais que um nome de registro o pudesse fazer. Acolhemos especialmente, para a argumentação deste trabalho, os estudos de Carlos Paulo Martínez Pereiro, a respeito da interpretatio nominis; os de Manuel Rodrigues Lapa, Graça Videira Lopes, Giuseppe Tavani e Giulia Lanciani, acerca do gênero cantiga de escárnio e maldizer; os de Ana Echeverría Arsuaga, Maria Filomena Lopes de Barros, Juan Eslava Galán, Eugenio López- Aydillo, Marta Madero, Abdelwahab Bouhdiba, Camilo Álvarez de Morales, John Boswell, James A. Brundage, Francisco Nodar Manso e Xosé Bieito Arias Freixedo, a propósito dos mouros; os de Jesús Montoya Martínez, sobre a dimensão lúdica das cantigas trovadorescas peninsulares, além das edições críticas das cantigas, sobretudo, de Manuel Rodrigues Lapa e Graça Videira Lopes.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/9184
Aparece nas coleções:PPGL - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_11410_VERSÃO FINAL TESE doutor Thiago Costa Verissimo.pdf1.13 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.