Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/9367
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisorBARREIRA, M. M.
dc.date.accessioned2018-08-01T23:46:15Z-
dc.date.available2018-08-01
dc.date.available2018-08-01T23:46:15Z-
dc.identifier.citationDONADIA, A. O., NEOPRAGMATISMO E RELIGIÃO: UMA ABORDAGEM DA RELIGIÃO COMO POLÍTICA CULTURAL EM RICHARD RORTYpor
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufes.br/handle/10/9367-
dc.publisherUniversidade Federal do Espírito Santopor
dc.titleNEOPRAGMATISMO E RELIGIÃO: UMA ABORDAGEM DA RELIGIÃO COMO POLÍTICA CULTURAL EM RICHARD RORTYpor
dc.typemasterThesisen
dc.contributor.memberCARVALHO FILHO, A. A.
dc.contributor.memberLUCHI, J. P.
dc.contributor.memberVIEIRA, S. C. A.
dc.contributor.member
dcterms.abstractEsta pesquisa tem como objetivo examinar os elementos centrais da filosofia política liberal e uma descrição do que Rorty entende como justificativas para a defesa das instituições liberais. Analisaremos a estratégia anti-fundacionalista de Rorty para a defesa das instituições liberais contemporâneas. Feito isso, será tratado a utopia liberal de Rorty. Nesse contexto, Richard Rorty defende que o discurso religioso está em desacordo com seus ideais liberais. Como resultado, ele defende, em um primeiro momento, que a religião deve ser privatizada com o intuito de que o Estado liberal possa se manter neutro. Depois de demonstrar as escolhas que constituem a visão de Rorty, o trabalho apresentará, em particular, três posicionamentos que Rorty defende em seus escritos. O primeiro argumento é de que a religião deve ser privatizada, o segundo é a defesa da marginalização de organizações eclesiásticas e o terceiro é de que defender o pragmatismo resulta em defender uma utopia liberal secular. Neste trabalho, será explicado como esses argumentos surgem do compromisso de Rorty com seu neopragmatismo e como eles se encaixam dentro desta lógica. A começar com uma descrição, depois será demostrando que esses argumentos estão em desacordo com alguns dos pressupostos filosóficos de Rorty, que criam problemas práticos ao ideal social e político que Rorty defende e, por fim, abordamos a revisão do posicionamento de Rorty sobre o tema e indicamos uma possível inclusão da religião no espaço público por meio da noção de cultura literária.por
dcterms.creatorDONADIA, A. O.
dcterms.formatapplication/pdfpor
dcterms.issued2017-04-18
dcterms.subjectLiberalismopor
dcterms.subjectReligiãopor
dcterms.subjectNeopragmatismopor
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Filosofiapor
dc.publisher.initialsUFESpor
dc.publisher.courseMestrado em Filosofiapor
Aparece nas coleções:PPGFIL - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_10855_dissertação de mestrado Andre oliva Donadia.pdf830.96 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.