Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/9870
Título: Foundations for multi-level ontology-based conceptual modeling
Autor(es): Carvalho, Victorio Albani de
Orientador: Almeida, João Paulo Andrade
Data do documento: 16-Dez-2016
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: Considerando que modelos conceituais são produzidos com o objetivo de representar certos aspectos do mundo físico e social de acordo com uma conceituação específica e que ontologias buscam descrever conceituações, tem havido crescente interesse no uso de ontologias para fornecer uma base teórica sólida para a disciplina de modelagem conceitual. Esse interesse deu origem a uma área de pesquisa denominada modelagem conceitual baseada em ontologias, com avanços significativos na modelagem conceitual nas últimas décadas. Apesar desses avanços, a modelagem baseada em ontologias não provê suporte adequado à modelagem de domínios que exigem a representação de categorias de indivíduos e de categorias de categorias (ou tipos de tipos). A representação de entidades de vários "níveis" de classificação tem sido o foco de uma área de pesquisa distinta denominada modelagem multi-nível. As iniciativas em modelagem multi-nível visam a contornar as limitações impostas pelo paradigma convencional de modelagem em dois níveis. Apesar das contribuições relevantes das áreas de modelagem multi-nível e de modelagem conceitual baseada em ontologias, a combinação dessas duas áreas ainda não recebeu a devida atenção. Este trabalho explora essa lacuna propondo o uso combinado de teorias formais para a modelagem multi-nível e de ontologias de fundamentação para apoiar o que chamamos de modelagem conceitual multi-nível baseada em ontologias. Para fornecer uma abordagem bem fundamentada à modelagem conceitual multi-nível, desenvolvemos uma teoria chamada MLT. MLT caracteriza formalmente a natureza dos níveis de classificação e define precisamente as relações que podem ocorrer entre elementos de diferentes níveis de classificação. A fim de aproveitar os benefícios do uso de ontologias de fundamentação na modelagem de domínios que abrangem vários níveis de classificação, combinamos MLT com uma ontologia de fundamentação. Essa combinação resulta em uma abordagem de modelagem que apoia a construção de modelos conceituais multi-níveis em um espectro de níveis de especificidade, desde ontologias de fundamentação até modelos conceituas de domínios específicos. Para demonstrar a aplicabilidade da nossa abordagem de modelagem conceitual multi-nível baseada em ontologias, a empregamos para desenvolver uma ontologia núcleo para estruturas organizacionais, um domínio que abrange vários níveis de classificação. Além disso, mostramos como MLT pode ser usada como uma teoria de referência para esclarecer a semântica e aumentar a expressividade de UML no que diz respeito à representação de modelos de multi-níveis. O perfil UML produzido viabiliza a aplicação prática de MLT pela comunidade de modelagem conceitual.
Considering that conceptual models are produced with the aim of representing certain aspects of the physical and social world according to a specific conceptualization and that ontologies aim at describing conceptualizations, there has been growing interest in the use of ontologies to provide a sound theoretical basis for the discipline of conceptual modeling. This has given rise to a research area called ontology-based conceptual modeling, with significant advances to conceptual modeling in the last decades. Despite these advances, ontology-based conceptual modeling still lacks proper support to address subject domains that require not only the representation of categories of individuals but also the representation of categories of categories (or types of types). The representation of entities of multiple (related) classification “levels” has been the focus of a separate research area under the banner of multi-level modeling, aiming to address the limitations of the conventional two-level modeling paradigm. Despite the relevant contributions of multi-level modeling and ontology-based conceptual modeling, their combination has not yet received due attention. This work explores this gap by proposing the use of formal theories for multi-level modeling in combination with foundational ontologies to support what we call multi-level ontology-based conceptual modeling. To provide a well-founded approach to multi-level conceptual modeling, we develop a theory called MLT that formally characterizes the nature of classification levels and precisely defines the relations that may occur between elements of different classification levels. In order to leverage the benefits of the use of a foundational ontology to domains dealing with multiple classification levels, we combine the proposed multilevel modeling theory with a foundational ontology. This combination results in a hierarchical modeling approach that supports the construction of multi-level conceptual models in a spectrum of levels of specificity, from foundational ontologies to domain models. To demonstrate the applicability of our multi-level ontology-based conceptual modeling approach, we employ it to develop a core ontology for organizational structure, a domain that spans multiple classification levels. Further, we show how MLT can be used as a reference theory to clarify the semantics and enhance the expressiveness of UML with respect to the representation of multi-level models. The resulting UML profile enables the practical application of MLT.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/9870
Aparece nas coleções:PPGI - Teses de doutorado



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.