Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/10375
Title: Consumo de Álcool e Dislipidemias em Participantes do Estudo Longitudinal de Saúde do Adulto (elsa-brasil)
metadata.dc.creator: MARTINEZ, O. G. E.
Issue Date: 6-Apr-2018
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Citation: MARTINEZ, O. G. E., Consumo de Álcool e Dislipidemias em Participantes do Estudo Longitudinal de Saúde do Adulto (elsa-brasil)
Abstract: As dislipidemias são definidas como uma alteração no funcionamento das lipoproteínas, tais como o colesterol total, Colesterol HDL, Colesterol LDL e Triglicerídios. Vários são os fatores envolvidos em sua gênese, dentre os quais o consumo de álcool. Esse, por sua vez, vem aumentando em todo. No Brasil,o consumo abusivo de álcool aumentou 3,4% em 10 anos. O objetivo deste trabalho foi investigar a relação entre o consumo de álcool, bem como o tipo de bebida alcóolica, e os parâmetros lipídicos em participantes do ELSA-Brasil. Foram estudados 9.548 participantes, entre 35 74 anos, de ambos os sexos. Dados sociodemográficos, de estilo de vida, bioquímicos e antropométricos foram coletados de forma padronizada em seis instituições de ensino ou pesquisa. O consumo de bebidas alcóolicas foi categorizado em tercis de consumo (baixo, médio, alto), em mL de álcool puro / semana.Foram realizados modelos de regressão linear para cada tipo e o total de bebidas alcóolicas. As prevalências de parâmetros lipídicos alterados neste estudoforam 64,9%, 29,2%, 62% e 84% para colesterol total, triglicerídios, Colesterol HDL e Colesterol LDL, respectivamente. A cerveja foi o tipo de bebida mais consumida (38,0%), seguidado vinho (24,9%) e destilados (11,5%). Foi observado aumento de todos os parâmetros lipídicos com exceção do colesterol LDL. Na análise por tipo de bebida, foi observado. que o Colesterol total associa-se com o consumo de cerveja(dose-resposta) e destilados(alto consumo), os trigliceridios se associam médio e alto cosnumo e com cerveja diminuem com o consumo médio e alto de vinho e O HDL-c aumenta demonstrando dose-resposta com o consumo de cerveja e com o médio e alto consumo de vinho e destilados Conclui-se que relação doseresposta entre o consumo de álcool total e as concentrações de CT e HDL-c na amostra estudada. O consumo de bebida alcoólica aumentou os parâmetros bioquímicos avaliados, com exceção do LDL-c, independente da quantidade consumida
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/10375
Appears in Collections:PPGNS - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese_11928_Disertação Final Oscar Enriquez (1).pdf2.47 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.