Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/10573
Title: Herança de caracteres e variabilidade genética de gerações segregantes do cruzamento entre genitores contrastantes de mamoeiro
metadata.dc.creator: NASCIMENTO, A. L.
Keywords: Carica papaya L;;melhoramento vegetal;caracterização genét
Issue Date: 17-Jul-2018
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Citation: NASCIMENTO, A. L., Herança de caracteres e variabilidade genética de gerações segregantes do cruzamento entre genitores contrastantes de mamoeiro
Abstract: O mamoeiro (Carica papaya L.) é uma das culturas mais importantes e amplamente distribuída no Brasil com destaque no panorama de produção e exportação. Os pomares comerciais são sustentados por estreita base genética sendo uma das estratégias que podem ser utilizadas para aumento da variabilidade e a modificação da arquitetura das plantas. No banco de germoplasma da Caliman Agrícola S.A., há dois genótipos exploráveis pertencentes ao grupo Solo, sendo eles o Baixinho de Santa Amália (BSA), um mutante anão a partir de Sunrise Solo e o Golden Pecíolo Curto (GPC), cujas plantas adultas são altas e apresentam pecíolo e folhas de pequeno tamanho com coloração verde-clara. Com o trabalho, dividido em três capítulos, objetivou-se obter e explorar a variabilidade a partir do cruzamento dos genitores BSA e GPC com a finalidade de obtenção de novas cultivares. No primeiro capítulo, o trabalho teve o objetivo de quantificar a diversidade genética em população segregante de mamoeiro F2 composto de 92 plantas com base em descritores morfoagronômicos, por meio do procedimento Ward-MLM. Que permitiu identificar a formação coerente de 3 grupos. Sendo os genótipos pertencentes ao grupo I o mais promissor para a seleção voltada a arquitetura. E os descritores que mais contribuíram para a diversidade genética foram o comprimento do fruto (CFR), comprimento do pecíolo (CP), altura de inserção do primeiro fruto (AIPFR) e a massa do fruto (MFR). No segundo capítulo, com as linhagens parentais P1 (BSA) e P2 (GPC) e as gerações F1 e F2 e de retrocruzamentos RC1 e RC2, foram avaliadas as características altura de planta (APL), AIPFR, CP e largura máxima da folha (LMF), e submetidos a análise de gerações analisou-se e quantificou-se a variabilidade genética disponível, bem como a importância relativa dos efeitos gênicos que constituem as médias estimando parâmetros genéticos baseados nasmédias e variâncias. Onde verificou-se que o modelo aditivo-dominante explicou satisfatoriamente a herança das características e, a não ocorrência de epistasia, a interação alélica aditiva e de dominância parcial para APL e AIPFR onde o melhorista vai optar para estratégias de seleção e, para as características CP e LMFL, visto que as estratégias que tendem a apresentar mais eficiência no melhoramento são as que envolvem hibridações. No terceiro capítulo, foi estudada a variabilidade quanto a característica qualitativa de coloração das folhas determinando-se a herança como base às leis mendelianas, onde se avaliou as proporções fenotípicas em estudo realizado por análise das gerações P1 (BSA), P2 (GPC), F1, F2, RC1, RC2, RC2r e F2:3. Verificou-se que para a herança da coloração das folhas ocorre epistasia recessiva dupla, em que a coloração verde-claro do GPC é manifestada com a presença dos dois genes em homozigose recessiva e a coloração verde-claro dos segregantes da F2 e F2:3 ocorrem em função de um ou dois dos genes em homozigose recessiva.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/10573
Appears in Collections:PPGGM - Teses de doutorado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese_12383_Tese Final Adriel Lima Nascimento.pdf2.64 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.