Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/10817
Title: Avaliação da Condição Periodontal e da Microbiota Subgengival em Adolescentes Tratados Ortodonticamente Com Aparelho Fixo
metadata.dcterms.creator: BINDA, C. L.
metadata.dcterms.issued: 21-Jan-2019
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
metadata.dcterms.abstract: Introdução: Aparelhos ortodônticos fixos podem promover o aumento do acúmulo de placa bacteriana, modificando a composição da microbiota subgengival e levar a uma condição de inflamação gengival e, posteriomente, à destruição dos tecidos periodontais de suporte. Objetivo: Avaliar e comparar a condição clínica periodontal e a composição microbiológica da placa subgengival de pacientes adolescentes após o tratamento ortodôntico. Materiais e Métodos: Vinte e três adolescentes com idades entre 10 e 19 anos, em fase de finalização ortodôntica foram selecionados por amostragem não-probabilística por conveniência. Amostras da placa subgengival foram coletadas de seis dentes-índice (16, 11, 26, 36, 31 e 46) para análise microbiológica pela técnica Checkerboard DNA-DNA hybridization e parâmetros clínicos periodontais (Índice de placa visível, Índice de sangramento gengival marginal, Índice de profundidade à sondagem e Sangramento à sondagem) foram avaliados no dia da remoção do aparelho fixo metálico (T1) e seis meses após (T2). Resultados: Houve redução estatisticamente significante dos índices clínicos periodontais seis meses após a remoção do aparelho fixo ortodôntico. Em T2, ocorreu um aumento estatisticamente significante (p<0,05) nas médias de contagem e proporções das bactérias C. showae, F. periodonticum, S. sanguinis, S. gordonii, C. gingivalis, A. odontolyticus I, A. naeslundii I, e redução dos microrganismos F. nucleatum (sp. vincentii), E. saburreum, S. anginosus e P. melaninogenica (p<0,05), com maior frequência de bactérias do complexo laranja (T1: 28,28%; T2: 27,88%). Conclusão: Os aparelhos fixos ortodônticos modificam a saúde clínica periodontal, alterando parâmetros clínicos que tendem a retornar a valores considerados normais após sua remoção, assim como a concentração de bactérias periodontopatogênicas presentes na placa subgengival.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/10817
Appears in Collections:PPGCO - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese_12892_Dissertação Caroline Binda-Versão Defesa.pdf1.46 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.