Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/10858
Title: HISTÓRIAS VIVIDAS, HISTÓRIAS CONTADAS: REFAZENDO TERRITÓRIO DE REGÊNCIA APÓS O CRIME AMBIENTAL DA SAMARCO NO RIO DOCE
metadata.dc.creator: MARTINS, A. N.
Issue Date: 28-Aug-2018
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Citation: MARTINS, A. N., HISTÓRIAS VIVIDAS, HISTÓRIAS CONTADAS: REFAZENDO TERRITÓRIO DE REGÊNCIA APÓS O CRIME AMBIENTAL DA SAMARCO NO RIO DOCE
Abstract: Este estudo mostra como os moradores de Regência Augusta, distrito de Linhares ES, ressignificam e refazem seu território, após a passagem da lama de rejeitos de minério da Samarco no Rio Doce. Pretende-se investigar a partir do olhar dos moradores como está ocorrendo o processo de transformação no modo de vida e de suas atividades frente aos impactos ocasionados pela empresa mineradora Samarco e como a comunidade está resistindo para resgatar suas tradições e serem reconhecidos como atingidos. A pesquisa de campo foi realizada na comunidade, por meio de metodologia qualitativa, através da realização de dois grupo focais no intuito de compreender a dinâmica de vida dos moradores de Regência Augusta, suas lutas, organização e transformações neste território. A análise baseia-se em relatos dos moradores, relatórios e reportagens. A observação e análise nos levam aos seguintes resultados: a comunidades inteira foi atingida e expropriada de seu território, cultura e direitos; A alteração constante do modo vida da comunidade que tem relação intrínseca com a natureza; A principal ocupação da atividade da pesca foi alterada; a comunidade resiste através das lutas e das atividades voltadas a restabelecer o modo de vida da Vila de Regência.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/10858
Appears in Collections:PPGPS - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese_12571_Angélica N. Martins.pdf2.57 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.