Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/10866
Title: Hibridismo Organizacional e Sua Interface Com a Performatividade Crítica: Estudo de Caso em uma Cooperativa de Cafeicultores Fair Trade do Espírito Santo
metadata.dc.creator: CEZAR, L. C.
Issue Date: 18-Dec-2018
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Citation: CEZAR, L. C., Hibridismo Organizacional e Sua Interface Com a Performatividade Crítica: Estudo de Caso em uma Cooperativa de Cafeicultores Fair Trade do Espírito Santo
Abstract: O objetivo desta tese é analisar os motores de performatividade crítica presentes em uma cooperativa de cafeicultores Fair Trade e averiguar como estes influenciam em sua condição híbrida. Para responder este problema foi desenvolvida uma articulação entre duas correntes teóricas: o Hibridismo organizacional e a Performatividade Crítica. Essa articulação teórica aplicada no contexto das cooperativas brasileiras de produtores de café Fair Trade permitiu pressupor a necessidade de motores de performatividade crítica para a integração das dimensões híbridas das organizações. Para analisar tal pressuposto foi desenvolvida uma pesquisa qualitativa de caráter exploratório e interpretativista na única cooperativa brasileira produtora de café conilon Fair Trade, que fica localizada em Muqui-ES. A coleta de dados ocorreu por meio de triangulação de três técnicas: entrevista semiestruturada, observação não participante e documentos. Foram desenvolvidas 46 entrevistas realizadas com membros da cooperativa, das organizações de apoio, das organizações coordenadoras, das esferas de governo, das instituições financeiras e traders de café. Complementarmente, foram desenvolvidas 9 observações realizadas em eventos, nas dependências da cooperativa, em propriedades rurais e em uma cafeteria, além da utilização de 6 documentos. Os dados foram analisados pela técnica de análise de conteúdo, por meio de grade fechada, com categorias centrais definidas à priori a partir da articulação teórica. Os resultados apontaram a desintegração dos aspectos sociais e comerciais nas dimensões híbridas da organização, principalmente nas dimensões ―Atividades Organizacionais‖; ―Composição da Força de Trabalho‖ e ―Relacionamentos Interorganizacionais‖. As tensões organizacionais encontradas a partir dessa desintegração levou a cooperativa a reforçar as formas democráticas de participação como meio para manter seu projeto crítico enquanto organização. Com a administração democrática de tais tensões, os motores de performativiade crítica, identificados de forma endógena pela OCB/SESCOOP-ES e de forma exógena pelo Fairtrade, permitem a execução de papéis que, ao articularem a cooperativa em uma ampla rede, possibilitam a criação e disseminação de conhecimento próprio para a realidade da organização. Tais resultados permitem avançar nas discussões das organizações híbridas, como as cooperativas, que são orientadas por uma performatividade crítica e que utilizam de incentivos como os motores encontrados nesse estudo para manterem sua sobrevivência em um cenário capitalista dominado por regras, normas e grandes empresas como no caso da cafeicultura.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/10866
Appears in Collections:PPGADM - Teses de doutorado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese_12890_TESE LAYON VERSÃO FINAL PARA DEPÓSITO.pdf2.32 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.