Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/11086
Title: Manejos que afetam a taxa de condenação e mortalidade na indústria avícola de corte.
metadata.dcterms.creator: CHIEPPE, M. A. P. L.
metadata.dcterms.subject: Avicultura;Abióticos;Qualidade
metadata.dcterms.issued: 25-Feb-2019
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
metadata.dcterms.abstract: O manejo pré-abate é um ponto crítico responsável por perda significativa da produção. Afim de minimizar tais perdas, objetivou-se avaliar o impacto da época do ano, do sistema de criação e do manejo pré-abate sobre as taxas de condenação (parcial e total) de carcaças e mortalidade das aves. O experimento foi conduzido na unidade de produção de frangos de corte no sul do Espirito Santo, localizado no distrito de Vargem Grande, localizada na cidade de Venda Nova do Imigrante, Espírito Santo-Brasil. Foram utilizados quatro (4) galpões com média de 35.000 aves/galpão, de ambos os sexos, da linhagem Cobb®. Quanto à estrutura, dois galpões tinham funcionamento convencional, equipados com ventilação mecânica tipo túnel, com pressão positiva e tendo uma densidade média de 13,8 aves/m2. Outros dois galpões semi-climatizados, com ventilação mecânica tipo túnel, com pressão negativa e tendo uma densidade média de 14,7 aves/m2. O delineamento experimental utilizado foi o de Blocos Casualizados (DBC) distribuído num arranjo do tipo fatorial triplo 2x2x2 com 8 tratamentos, sendo avaliados duas épocas do ano (verão e outono), dois sistemas intensivos de produção (galpão semi-climatizado e galpão convencional) e dois manejos pré-abate (com ou sem aspersão de água). Cada tratamento foi constituído de seis repetições e a unidade experimental de cada tratamento foi representada por caminhão que continha 570 caixas de transporte, sendo que cada caixa apresentava lotação de sete (7) animais por caixa. Verificouse que a época do ano, o sistema de criação e a aspersão de água, sobre as caixas antes do transporte, influenciaram na taxa de condenação de carcaça total e na mortalidade das aves. O sistema convencional e a ausência de aspersão de água tornaram os frangos mais suscetíveis a condenação total de carcaças e a mortalidade das aves. A aspersão de água sobre as caixas, antes do transporte, contribuiu para redução da condenação total de carcaças e da mortalidade no verão. Em contrapartida, seu uso torna-se dispensável, sob condições de 14-20 °C de temperatura ambiente, registradas no outono, pois não influenciou na qualidade das carcaças e tampouco na mortalidade dos frangos de corte.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/11086
Appears in Collections:PPGCV - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese_12269_Maria Augusta Pires de Luz Chieppe.pdf1.67 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.