Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/1178
Title: O isolamento no Hospital Colônia Pedro Fontes, Itanhenga/ES e a caracterização da população do Educandário Alzira Bley no período de 1937 a 1979
metadata.dc.creator: Pavani, Elaine Cristina Rossi
Issue Date: 2013
Abstract: Caracteriza e analisa a população do Educandário, com as informações provenientes de uma fonte de dados documental e histórica contida nos dois livros de registros do Educandário e seus arquivos fotográficos. As informações sobre as 3.432 pessoas compõem um banco de dados que foi construído durante a realização desta pesquisa e as fotografias foram digitalizadas. O Educandário Alzira Bley, localiza-se na BR 101 - km 9, bairro de Itanhenga - Cariacica/ES. No estudo foram realizadas entrevistas semiestruturadas com funcionários e ex-internos do Educandário, que deram vida e movimento às análises dos gráficos e tabelas elaborados a partir do banco de dados. Para o embasamento teórico do estudo da população são empregados conceitos pertinentes à transição demográfica e à transição epidemiológica, às migrações forçadas, às redes migratórias e às características da população (sexo, idade, cor, origem e suas variações) que forneceram os elementos para a análise do estado da população em diferentes momentos históricos. A Geografia Histórica completa os referenciais teóricos desta investigação, pois muitas características geográficas requerem estudos históricos para uma explicação satisfatória de como chegaram ao que são hoje. As fotografias, os depoimentos e livros de registros do Educandário propiciaram a caracterização da população que passou e/ou viveu no Educandário Alzira Bley ao longo do período das internações compulsórias no Hospital Colônia Pedro Fontes (1937-1979). Com a realização desta investigação chegamos às seguintes conclusões: a) cada geração é vítima do conhecimento científico do seu tempo; b) a transição demográfica encontrava-se em sua primeira fase nos meados do século XX, e os índices elevados de mortalidade e de fecundidade eram observados na população estudada; c) a transição epidemiológica, também em curso no Espírito Santo era caracterizada por elevada incidência das doenças infectocontagiosas, dentre as quais a hanseníase era ainda uma doença sem cura. d) o isolamento dos hansenianos em hospitais colônias, bem como seus filhos em preventórios foram movimentos de migração forçada; e) a internação compulsória dos hansenianos em hospitais colônias desencadeava uma migração em rede de familiares e demais parentes e amigos que pudessem estar com a doença.
Characterizes and analyzes the educational establishment population with information from a data source and historical document contained in the two books and records Alzira Bley Educational Establishment their photographic archives. The information on 3.432 people make up a database that was built during this research and the photographs were scanned. The Educational Establishment is located on BR 101 - km 9, Itanhenga - Cariacica / ES. The study conducted semi-structured interviews with employees and former inmates of the Educational Establishment that gaves life and movement to the analysis of charts and tables drawn from the database. For the theoretical background of the study population are employed concepts relevant to the demographic transition and epidemiological transition, to forced migration, the migratory networks and to population characteristics (sex, age, color, origin and its variations) who provided the information for the analysis of the state of the population at different historical moments. The Historical Geography complete the theoretical investigation of this, as many geographical features require historical studies for a satisfactory explanation of how they arrived at what they are today. The photographs, statements, books and records of the Esducational Establishment enabled the characterization of the population that has passed and/or lived in Alzira Educandário Bley during the period of compulsory admissions in Pedro Fontes Colony Hospital (1937-1979). In conducting this research we came to the following conclusions: a) each generation is a victim of the scientific knowledge of his time, b) the demographic transition was in its first phase in the mid-twentieth Century, and the high levels of mortality and fertility were observed in the study population, c) the epidemiological transition, also ongoing in the Holy Spirit was characterized by high incidence of infectious diseases, among which leprosy was still an incurable disease, d ) the isolation of leprosy patients in hospitals colonies, as well as their children were preventoriums movements forced migration e) compulsory hospitalization of leprosy patients in hospitals colonies triggered a migration network of family and other relatives and friends who might be with the disease.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/1178
Appears in Collections:PPGGEO - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao.Texto.Elaine Cristina.pdf5.7 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons