Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/1181
Title: Complicações perinatais no Hospital Universitário Cassiano Antonio de Moraes: uma questão de idade?
metadata.dc.creator: Almeida, Leonardo Goltara
Issue Date: 2013
Abstract: A população brasileira vem passando por uma transição demográfica e epidemiológica, caracterizadas por aumento na expectativa de vida, diminuições nas taxas de mortalidade, natalidade e fecundidade, aumento da escolaridade, diminuição do desemprego, aumento das enfermidades crônico-degenerativas e diminuição das enfermidades infectocontagiosas. Tais transições vêm afetando também a perinatologia, com aumento proporcional e absoluto das gestações tardias tanto no Espírito Santo quanto no Brasil. Este estudo realizou uma análise retrospectiva das gestações tardias no HUCAM, comparando as mesmas com as gestações de mulheres adolescentes e adultas jovens quanto aos seguintes desfechos perinatais: anomalia fetal, hipóxia no primeiro e quinto minuto de vida, duração da gestação, peso ao nascer e tipo de parto. As variáveis foram analisadas categoricamente, e comparadas através de análise bivariada, utilizando-se o Teste Exato de Fisher, e através de regressão logística. Na análise bivariada, foi encontrada apenas associação entre a idade materna e o tipo de parto, mas esta associação não foi confirmada na regressão logística. Analisando outros fatores relativos à gestação, restou evidenciado uma associação positiva entre um menor número de consultas pré-natais e uma maior frequência de hipóxia no recém-nascido e de prematuridade (odds ratio de 2,9 e 5,7, respectivamente). Ao final deste trabalho são elaboradas propostas para aprimoramento da coleta e do armazenamento de dados acerca da gestação no HUCAM, e para otimização da assistência pré-natal das gestantes atendidas pelo hospital, visando melhorar os desfechos perinatais encontrados.
The Brazilian population is undergoing a demographic and epidemiological transition, characterized by an increase in life expectancy, declines in mortality rates, birth and fertility, increase education, reduce unemployment, increase in chronic-degenerative diseases and reduction of infectious diseases. Such transitions have also affecting perinatology, with absolute and proportional increase of late pregnancies both in Espírito Santo and in Brazil. This study was a retrospective analysis of pregnancies late in HUCAM comparing those pregnancies with the pregnancies of adolescent and young adult women for the following perinatal outcomes: fetal anomaly, hypoxia in the first and fifth minute, length of gestation, birth weight and type of delivery. The variables were analyzed by categories, and compared by bivariate analysis, using the Fisher's Exact Test, and logistic regression. In the bivariate analysis, we found only an association between maternal age and mode of delivery, but this association was not confirmed in the logistic regression. Analyzing other factors related to pregnancy, remained evidenced a positive association between a lower number of antenatal visits and a higher frequency of hypoxia in the newborn and prematurity (odds ratio 2.9 and 5.7, respectively). At the end of this work are drawn up proposals to improve the collection and storage of data about pregnancy in HUCAM, and to improve prenatal care, aiming at better perinatal outcomes.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/1181
Appears in Collections:PPGGP - Dissertações de mestrado profissional

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao.Leonardo Goltara.pdf2.49 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons