Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/1202
Title: Das prescrições às práticas de pesquisa/formação compartilhadas : o lugar do livro didático na educação física
metadata.dc.creator: Bolzan, Érica
Issue Date: 2014
Abstract: Investiga o livro didático na Educação Física tendo como fonte a produção acadêmica publicada em periódicos, a forma e conteúdo de sete propostas didáticopedagógicas e a análise de proposta construída pelo Proteoria, que tem como eixo central as práticas pedagógicas de professores. Caracteriza-se como uma pesquisa plurimetodológica, utilizando-se de estudo bibliográfico, documental e da (auto)biografia. Na pesquisa bibliográfica, mapeia e analisa textos que abordam propostas didático-pedagógicas para o ensino da Educação Física e aponta aumento de interesse sobre o tema, sobretudo a partir da década de 2000, publicações que têm sido produzidas na relação de parceria entre consultores das universidades e professores das instituições escolares, valorizando a participação dos docentes. Na pesquisa documental, analisa sete propostas didáticopedagógicas com o objetivo de investigar, nas suas formas, os dispositivos de leitura elaborados para projetar as práticas pedagógicas, e, no conteúdo, as representações sobre identidade da Educação Física como componente curricular. Conclui que essas propostas são produto da parceria entre universidade e instituições escolares, dialogando com os professores das redes de ensino. Suas formas e conteúdo indicam relação com as atuais políticas nacionais de reconfiguração da educação básica pelos princípios da integralização, interdisciplinaridade em áreas de conhecimento, especialmente no ensino médio. Na pesquisa (auto)biográfica, ao investigar o livro didático produzido pelos professores de Educação Física das redes de ensino da Grande Vitória-ES em parceria com docentes e alunos da Universidade Federal do Espírito Santo, observa coerências entre o propósito do projeto, como o protagonismo e autoria do professor, a produção de conhecimento a partir das experiências e o livro didático como caixa de utensílios. Discute, ainda, a necessidade de se aprofundar a progressão e complexidade dos conteúdos, o diálogo entre diferentes conhecimentos escolares e a valorização do protagonismo dos alunos na produção de livros didáticos.
Investigates the textbook in Physical Education taking as source academic works published in journals; the form and the content of seven didactic-pedagogic proposals; analysis of propose built by PROTEORIA whose central axis are the pedagogical practices of teachers. It is characterized as a plurimethodolical research using bibliographic, documentary study and (auto) biography. In bibliographical research, maps and analyzes texts that addressing teaching and pedagogical proposals for the teaching of physical education and points the increased of interest on the topic, especially from the 2000 decade. These publications have been produced in a partnership relationship between university consultants and teachers of educational institutions, valorizing the participation of teachers. In documentary research, analyzes seven didactic-pedagogic proposals in order to investigate the forms, reading devices designed to project the pedagogical practices and, in content, representations of Physical Education identity as a curriculum component. Concludes that these proposals are the product of a partnership between universities and educational institutions, dialoguing with teachers of networks. Its forms and contents indicate relationship with current national policies reconfiguration of basic education by the principles of integralization, and interdisciplinarity and areas of knowledge, especially in high school. In (auto) biographical research, investigating the textbook produced by Physical Education teachers of teaching networks of Grande Vitória - ES, in partnership with professors and students of the Federal University of Espírito Santo, it is observed the coherences between the purpose of project, as protagonism and authorship of the teacher, the production of knowledge from experience and textbook as utensils box. Also discusses the need for further progression and complexity of contents, dialogue between different school knowledge and to enhance the protagonism of students in the production of textbooks.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/1202
Appears in Collections:PPGEF - Dissertações de mestrado



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons