Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/1212
Title: Indicadores de qualidade do solo e determinação de níveis de degradação de pastagens
metadata.dc.creator: Rocha Junior, Paulo Roberto da
Issue Date: 2014
Abstract: A utilização do solo no Brasil foi realizada de forma exploratória, com a conversão de sistemas naturais em sistemas agrícolas extrativistas. Grande parte das áreas de sistemas naturais deu lugar às áreas de cultivo, posteriormente sucedidas por pastagens, encontrando-se boa parte em elevado estágio de degradação. Diante do exposto, o presente trabalho tem como objetivo avaliar a sensibilidade de alguns atributos físicos, químicos, compartimentos da matéria orgânica e determinações de campo como indicadores de qualidade do solo estabelecendo relações entre os mesmos. O estudo foi desenvolvido no município de Governador Valadares-MG, para tal foram escolhidos níveis de pastagens progressivamente degradadas observadas visualmente (pastagem 1, pastagem 2, pastagem 3 e pastagem 4), duas áreas de capoeira em estágios de regeneração natural (capoeira 1 e capoeira 2) e mata (referência). O solo em estudo foi um Argissolo Vermelho, textura argilosa. As determinações dos indicadores físicos, químicos e compartimentos da matéria orgânica foram realizadas em quatro profundidades (0-5, 5-10, 10-20 e 20-40 cm). Foram realizadas também determinações de campo, todos os atributos foram determinados no terço médio de uma pedoforma convexa, em dois períodos, chuvoso e seco. Através dos atributos do solo utilizados como indicadores do solo, foi possível separar dois níveis de pastagens degradadas, baixa degradação (pastagem 1 e pastagem 2) e elevada degradação (pastagem 3 e pastagem 4). A melhor qualidade do solo foi observada na área de mata. Entre os atributos do solo utilizados como indicadores de qualidade do solo os mais sensíveis aos níveis de pastagens degradadas são os atributos químicos pH, Ca2+, Mg2+, Al3+, H+Al, saturação por bases (V), saturação por alumínio (m), seguidos pelos atributos físicos macroporosidade e porosidade total. Os compartimentos da matéria orgânica do solo, matéria orgânica particulada (MOP), matéria orgânica leve (MOL) e carbono solúvel em água (CSA) utilizados como indicadores de qualidade do solo são eficientes em diferenciar a qualidade do solo nas conversões de sistema, mata/pastagens e pastagens/capoeiras, não sendo sensível aos níveis de pastagens degradadas, o que sugere estudos futuros utilizado compartimentos mais sensíveis a pequenas variações. As determinações de campo espessura do horizonte “A”, profundidade do sistema radicular e taxa de cobertura do solo são sensíveis aos níveis de pastagens degradadas, e apresentam uma boa correlação com os indicadores de laboratório macroporosidade (Ma), matéria orgânica particulada (MOP), saturação por bases (V), saturação por alumínio (m) sugerindo assim a utilização dessas determinações como indicadores de qualidade do solo em pastagens degradadas, para o solo e a região estudados.
The use of soil in Brazil is done in a exploratory way with the conversion of natural systems in extractive farm systems. A great part of the areas of the natural system has led to cultivated areas, subsequently succeeded by pastures which a great part is in an elevated stage of degradation. Therefore, the objective of this present study is to evaluate the sensitivity of physical and chemical attributes, compartments of organic matter and field indicators of soil quality by establishing relations between them. The study was conducted in the city of Governador Valadares in the state of Minas Gerais where levels of progressively degraded pastures visually observed were chosen (pasture 1, pasture 2, pasture 3 and pasture 4), two areas of capoeira in stages of natural regeneration (capoeira 1 and capoeira 2) and forest (reference). The soil in this study was Red Ultisols, with a clay texture, The physical and chemical indicators and compartments of organic matter were done in four depths (0-5, 5-10, 10-20 and 20-40 cm.). Field indicator was also carried out and all of the attributes were determined in the middle third of a convex landform in two periods; rainy and dry. Through the soil attributes utilized as soil indicator, it was possible to separate two levels of degraded pastures; low degradation (pasture 1 and pasture 2) and elevated degradation (pasture 3 and pasture 4). The best soil quality was observed in the forest area. Between the soil attributes used as indictors of soil quality the most sensitive to levels of degraded pastures are the chemical attributes pH, Ca2+, Mg2+, Al3+, H+Al, base saturation (V), aluminum saturation (m), followed by the physical attributes macroporosity and total porosity. The compartments of soil organic matter, particulate organic matter (POM), light organic matter (LOM) and water soluble carbon (WSC) used as indicators of soil quality are effective in differentiating the soil quality in the conversion system, forest/pastures and pastures/capoeiras and isn’t sensitive to the levels of degraded pastures which is suggested future studies using compartments more sensitive to small variations. The field indicator of depth of horizontal “A”, depth of root and soil recovery rate are sensitive to the levels of degraded pastures and showed a good correlation with the laboratory macroporosity indicators (Ma), particulate organic matter (POM), base saturation (V) and aluminum saturation (m) thus suggesting the utilization of these determinations as indicators of soil quality in degraded pastures to the soil and regions studied.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/1212
Appears in Collections:PPGPV - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao.Paulo Roberto da Rocha Junior.texto completo.pdf1.81 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons