Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/1220
Title: Consciência política e participação cidadã de estudantes de Administração em uma universidade pública federal no Sudeste do Brasil
metadata.dc.creator: Martins, Geruza Ferreira
Issue Date: 27-Oct-2014
Abstract: Em um contexto de ampliação dos lugares públicos participativos no Brasil há de se considerar expectativas de despertar valores sociopolíticos nos estudantes universitários em seu processo de qualificação cidadã e profissional, diante das críticas à formação dos administradores. Portanto, este trabalho visa compreender a dinâmica da consciência política dos estudantes da graduação em administração de uma universidade pública federal no sudeste do Brasil em sua relação com a participação cidadã nos lugares públicos participativos no estado e municípios. Adota-se o modelo analítico de consciência política para a compreensão da participação em ações coletivas de Sandoval (2001) como marco teórico, associado à literatura sobre participação cidadã. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, cujos dados foram coletados através de documentos, aplicação de 30 questionários e 17 entrevistas semiestruturadas, com 30 estudantes universitários da graduação em administração matriculados em 2014/1. Os dados foram submetidos à análise de conteúdo (BARDIN, 2004). Os resultados revelam 12 estudantes que não participam nos lugares públicos participativos e 18 estudantes que participam em pelo menos um destes lugares. O interesse em exercer a cidadania, melhorar as políticas públicas, gostar de implicar-se com os assuntos públicos e defender seus interesses em circunstâncias de conflito são as justificativas citadas pelos que participam. Evidenciam-se nos estudantes com participação mais ativa, crenças, valores e expectativas societais, articuladas à eficácia política, identidade coletiva, interesses antagônicos, sentimentos de justiça e injustiça, favorecendo a vontade de agir coletivamente, devido à percepção de conexão de seus interesses com as metas e ações coletivas dos movimentos que se envolvem. Os estudantes que não participam desconfiam dos lugares públicos participativos e demonstram desinteresse pelos assuntos públicos, embora apontem um desconforto em não participar. Suas crenças, valores e expectativas societais, associadas aos sentimentos de ineficácia política dificultam o desenvolvimento da consciência política. Conclui-se que estes estudantes possuem uma consciência política de senso comum, demonstrando valores sociais e políticos inerentes aos modismos presentes na vida cotidiana das pessoas. Já os estudantes com participação mais ativa apresentam uma consciência política de conflito, motivando-os à participação nos lugares avaliados como eficazes às suas proposições. Entretanto, o Centro Acadêmico Livre de Administração Honestino Guimarães (CALAD), principal lugar de representação e participação dos interesses dos estudantes no curso, encontra-se sem direção e participação nas instâncias institucionalizadas na universidade.
In a setting where public participatory spaces are broadened in Brazil, one has to consider the expectations about raising socio-political values among university students in their process of professional and citizen qualification, in face of criticism to business administrator’s formation. Therefore, this study aims at understanding the dynamics of business undergraduate students’ political awareness at a public federal university in the southeast of Brazil, and their relationship with citizen participation in participatory public spaces in the state and municipalities. It adopts Sandoval’s (2001) analytical model of political awareness, combined with the literature on citizen participation, so as to understand participation in collective actions. It is a qualitative study in which data were gathered through documents, 30 questionnaires and 17 semistructured interviews with 30 business undergraduate students in 2014/1. Then the data underwent content analysis approach (BARDIN, 2004). The results show that 12 students do not participate in these public participatory spaces and that 18 of them participate in at least one of these spaces. Interest in exercising citizenship, improving public policies, getting involving in political issues and defending their interest in conflict circumstances are justifications listed by those who participate. Students with more active participation show beliefs, social values and expectations connected to political efficacy, collective identity, antagonistic interests, feelings of justice and injustice, which favor the will of acting collectively because they see their interests match the goals of collective actions in the movements they are involved. The students who do not participate suspect these participatory public spaces and show to be uninterested in public issues, even though they seem to be uncomfortable with not participating. Their beliefs, social values and expectations, associated to feelings of political inefficacy hinder their development of political awareness. We concluded that these students have common sense political awareness. They show social and political values that are inherent to current fads of people’s everyday life. On the other hand, students with more active participation display conflict political awareness, which motivates them to participate in places deemed as effective to their propositions. However, Centro Acadêmico Livre de Administração Honestino Guimarães – CALAD (Honestino Guimarães Free Business Administration Academic Center) — main space for representing students' interests and participation shows to have no direction and participation in institutionalized bodies of the university.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/1220
Appears in Collections:PPGADM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
GERUZA FERREIRA MARTINS.pdf942.03 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons