Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/1257
Title: Desempenho acadêmico e sistema de cotas : um estudo sobre o rendimento dos alunos cotistas e não cotistas da Universidade Federal do Espirito Santo
metadata.dc.creator: Pinheiro, Juliene Saraiva Sena Peres
Issue Date: 2014
Abstract: A adoção da ação afirmativa denominada cotas nas universidades federais - reserva de vagas para estudantes que tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas - continua sendo polêmica, mesmo após a sanção da Lei nº.12.711 de 2012, o que torna oportuna a contribuição aos estudos a respeito da utilização desse sistema nas universidades públicas brasileiras. Este trabalho teve por objetivo estudar o desempenho acadêmico de alunos cotistas do Centro de Ciências Jurídicas e Econômicas e do Centro Tecnológico da Universidade Federal do Espírito Santo – UFES, no período de 2008 a 2013, considerando as duas entradas anuais nos referidos cursos. O presente estudo analisou o aproveitamento acadêmico dos alunos de 15 cursos de graduação ofertados pelos Centros nominados buscando saber em quais cursos e disciplinas existem diferenças significativas de desempenho, a partir do coeficiente de rendimento acadêmico (CRA) e da média final das disciplinas cursadas por alunos cotistas e não cotistas, visando a propor ações institucionais para a redução dessas diferenças. Na pesquisa, de caráter quantitativo, utilizou-se o método estatístico de análise de variância ANOVA. A partir das análises realizadas foi possível inferir a existência de diferenças de rendimento nos cursos de engenharia,principalmente em disciplinas de cálculo e álgebra. O curso de Direito, por sua vez, apresentou diferença significativa de desempenho, não obstante as médias não estarem abaixo do índice necessário para a aprovação. Quando a comparação é feita considerando o sexo, verificou-se no curso de Ciências Econômicas e Ciências da Computação uma disparidade significativa de rendimento em favor dos alunos do sexo feminino cotistas em detrimento dos não cotistas do mesmo sexo.
The adoption of quotas in federal universities called affirmative action - reserve places for students who have fully completed high school in public schools - remains controversial, even after sanction of nº.12.711 Act 2012, which makes a timely contribution to studies regarding the use of this system in Brazilian public universities. This work aimed to study the academic performance of quota students of the Centre for Law and Economics and the Federal University of Espírito Santo Technology Center - UFES in the period 2008-2013, considering both annual entries in those courses. The present study examined the academic achievement of students in 15 undergraduate programs offered by centers seeking nominees know which courses and subjects there are significant performance differences from the coefficient of academic performance (CRA) and the final average of courses taken by students shareholders and non shareholders, in order to propose institutional actions to reduce these differences. In research, quantitative trait, we used the statistical method ANOVA. From the analyzes it was possible to infer the existence of income differentials in engineering courses, especially in courses of calculus and algebra. The course of law, in turn, showed a significant difference in performance, despite not being below the average of the index required for approval. When the comparison is made considering gender, it was found in the course of Economics and Computer Science a significant disparity of income in favor of female students of the shareholders at the expense of shareholders not of the same sex.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/1257
Appears in Collections:PPGGP - Dissertações de mestrado profissional

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao. Juliene Saraiva Sena Peres Pinheiro.pdf1.96 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons