Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/1282
Title: A modernização do atraso : os fundamentos da urbanização de Vitória-1889-1930
metadata.dc.creator: Mendonça, Marcos Cândido
Issue Date: 20-Feb-2015
Abstract: Esta dissertação volta-se para a investigação da modernização da cidade de Vitória durante a passagem do século XIX ao XX. Trata-se, especificamente, da tentativa de compreender a modernização de Vitória no seu conteúdo arcaico, no sentido de, no conjunto das estratégias do poder, preservarem-se interesses de estruturas sociais anteriores, para um novo contexto econômico e sociopolítico. O referencial teórico de análise pressupôs apreender a cidade (seu espaço construído) articulada à estrutura econômica, enquanto condições urbanas necessárias à reprodução do capital. Para tal efeito, foi necessário compreender as implicações da metamorfose da riqueza, representada anteriormente pela propriedade do escravo e transferida para a propriedade da terra. Nessa tarefa, investigamos a hegemonia dos interesses da instância mercantil-exportadora do capital que dominou o aparelho de Estado e dirigiu o processo. A interferência dessa fração do capital no processo foi compreendida a partir da estruturação do poder no Espírito Santo processada na reorganização das bases da produção de café na transição do trabalho escravo para o livre. Através da modernização da cidade, foram criadas novas alternativas de valorização do capital por intermédio da construção da cidade (habitações, edifícios públicos, infraestrutura e serviços urbanos). Contudo, não se verificou de forma significativa desdobramento do excedente acumulado na esfera do comércio em atividades produtivas modernas (multiplicadoras da riqueza). Nesse processo, surge a perspectiva de a valorização da propriedade imobiliária como expressão do desenvolvimento das condições gerais da produção e da reprodução do trabalho possibilitar rendas futuras crescentes ao capital. O que indica uma urbanização fundamentalmente dominada pelos interesses mercantil-exportadores e patrimonialistas, revelando um forte traço de atraso da modernização da cidade em seu papel de centro comercial da economia regional.
This thesis turns to the investigation of the modernization of the city of Victoria during the late nineteenth to the twentieth century. It is, specifically, the attempt to understand the modernization of Victoria in its archaic content, in the sense, the set of strategies of power, preserve up interests from earlier social structures to a new economic and sociopolitical context. The theoretical analysis assumes seize the city (its built space) articulated the economic structure, while necessary for the reproduction of capital urban conditions. For this purpose it was necessary to understand the implications of the metamorphosis of wealth, represented previously by the slave and property transferred to the ownership of the land. In this task, we investigated the hegemony of the interests of the merchant-exporter instance of capital that dominated the state apparatus and directed the process. The interference of this fraction of capital in the process was understood from the structure of power in the Holy Spirit processed in the reorganization of the bases of coffee production in the transition from slave to free. Through the modernization of the city, new alternatives for capital appreciation through the construction of the city (housing, public buildings, infrastructure and urban services) were created. However, there was a significant offshoot of the accumulated surplus in the sphere of trade in modern productive activity (multiplier of wealth). In this process, there is the prospect of valuing real estate development as an expression of the general conditions of production and reproduction of labor to capital allow increasing future incomes. What indicates an urbanization mainly dominated by merchant-exporters and patrimonial interests, revealing a strong streak of delayed modernization of the city in their role as the commercial center of the regional economy.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/1282
Appears in Collections:PPGGEO - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação Mendonça.pdfTexto completo5.96 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons