Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/1365
Title: Efeito da jabuticaba (Myrciaria caulifora), do fruto da palmeira juçara (Euterpe edulis Martius) e do jambolão (Syzugium cumini) sobre o perfil lipídico, a glicemia e a endotoxemia em camundongos submetidos à dieta de cafeteria
metadata.dc.creator: Constancio, Vanessa da Silva
Issue Date: Feb-2015
Abstract: O excesso de gordura corporal induz a um quadro inflamatório associado à endotoxemia metabólica e aumento da resistência à insulina, bem como altera o perfil lipídico que resulta em prejuízos a função hepática e renal. Estudos sugerem que a ingestão de alimentos antioxidantes, como os polifenóis, proporcionam efeitos benéficos sobre os metabolismos glicídico e lipídico. O objetivo deste estudo foi investigar o efeito da casca de jabuticaba (Myrciaria cauliflora), da polpa do açaí juçara (Euterpe edulis Martius) e do jambolão (Syzygium cumini) sobre o perfil lipídico, a glicemia e a endotoxemia em camundongos Swiss submetidos à dieta de cafeteria. Inicialmente, os frutos foram liofilizados e submetidos à avaliação da composição centesimal. O ensaio biológico contou com 50 camundongos machos adultos da raça Swiss distribuídos em 5 grupos (n=10/grupo), a saber: grupo tratado com dieta comercial padrão (controle negativo), grupo tratado com dieta de cafeteria (controle positivo) e grupos teste que receberam por 14 semanas a dieta de cafeteria suplementada com 2% de casca de jabuticaba, ou polpa do jambolão ou polpa do açaí juçara liofilizados. Na 13ª e 14ª semana foram determinadas a tolerância à insulina e à glicose dos animais. Ao final do período experimental, avaliaram-se o ganho de peso, os parâmetros bioquímicos sanguíneos, histopatológicos e endotoxemia. Os parâmetros bioquímicos avaliados foram: colesterol total (CT) e as frações HDL-c, LDL-c, triacilgliceróis (TAG), bem como proteína C reativa (PCR), aspartato aminotransferase (AST) e alanina aminotransferase (ALT). Na histopatologia foram avaliados os efeitos da dieta hipercalórica sobre a área dos adipócitos, esteatose hepática e função renal a partir do número e área dos glomérulos. A endotoxemia foi avaliada pela concentração de lipopolissacarídeos (LPS) no soro dos animais. Aplicou-se o teste t para comparação dos resultados entre os grupos controle e ANOVA, complementada com teste de Tukey (α=5%), para comparação dos grupos suplementados com os frutos e o controle positivo. A suplementação com 2% de jambolão à dieta de cafeteria resultou em redução significativa (p<0,05) do conteúdo de CT, LDL-c, TAG, da razão CT/HDL, bem como diminuição da área dos adipócitos dos animais tratados com os frutos. A suplementação com açaí juçara também foi capaz de reduzir o conteúdo de CT, TAG e a área dos adipócitos, além de elevar a tolerância à glicose. Por outro lado, a jabuticaba não foi eficaz na melhoria dos parâmetros relacionados ao metabolismo lipídico, ao metabolismo da glicose e dos aspectos histopatológicos. A suplementação com 2% dos frutos liofilizados não promoveu efeitos positivos na redução do ganho de peso, resistência à insulina e endotoxemia provocada pela ingestão da dieta de cafeteria. Além disso, os frutos também não foram eficientes na preservação da histologia renal e infiltração lipídica no fígado. Conclui-se que a inclusão do jambolão e do açaí juçara na dieta pode apresentar efeitos positivos sobre danos causados por dietas hiperlipídicas, especialmente no que se refere à dislipidemia, à tolerância à glicose e à hipertrofia dos adipócitos.
The excess body fat leads to an inflammatory reaction associated with metabolic endotoxemia and increased insulin resistance, as well as altering the lipid profile which results in damages to liver and renal function. Studies suggest that intake of antioxidant foods, such as polyphenols, provide beneficial effects on glucose and lipid metabolism. The objective of this study was to investigate the jabuticaba bark effect (Myrciaria cauliflora), pulp of açai juçara (Euterpe edulis Martius) and jambolan (Syzygium cumini) on the lipid profile, blood glucose and endotoxemia in Swiss mice underwent diet cafeteria. Initially, the fruits were freeze-dried and evaluated for their chemical composition. The biological assay included 50 adult male mice of the Swiss race divided into 5 groups (n = 10 / group), namely: the group treated with standard commercial diet (negative control), group treated with cafeteria diet (positive control) and groups test for 14 weeks who received the cafeteria diet supplemented with 2% jabuticaba bark, or pulp jambolan or pulp açai juçara lyophilized. In the 13th and 14th week were determined tolerance to insulin and glucose of animals. At the end of the experiment, we assessed weight gain, blood biochemistry, histopathology and endotoxemia. The biochemical parameters were: total cholesterol (TC) and HDL-C fractions, LDL-C, triglycerides (TAG) and C-reactive protein (CRP), aspartate aminotransferase (AST) and alanine aminotransferase (ALT). Histopathology studies the effects of calorie diet over the area of adipocytes, fatty liver and kidney function from the number and area of the glomeruli. The endotoxemia was assessed by the concentration of lipopolysaccharide (LPS) in serum of the animals. We used the t test for comparison of results between the control group and ANOVA, and Tukey's test (α = 5%), to compare the groups supplemented with fruit and the positive control. Supplementation with 2% jambolan the cafeteria diet resulted in a significant reduction (p <0.05) CT content, LDL-C, TAG, the TC / HDL and decreased adipocyte animal area treated with the fruits. The supplementation of açai juçara was also able to reduce the content of TC, IGT, and adipocytes area, in addition to increasing glucose tolerance. On the other hand, the blemish was not effective in improving the lipid parameters related to metabolism, glucose metabolism and histopathological aspects. Supplementation with 2% lyophilized fruits did not cause positive effects in reducing weight gain, insulin resistance and endotoxemia caused by ingestion of a cafeteria diet. Furthermore, the fruits were not effective in preserving renal histology and fatty infiltration of the liver. It follows that the inclusion of jambolan and açai juçara in the diet can have positive effects on the damage caused by high fat diets, especially with regard to dyslipidemia, glucose tolerance and adipocyte hypertrophy.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/1365
Appears in Collections:PPGCTA - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Vanessa da silva Constancio.pdf920.03 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons