Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/1441
Title: A economia da informação: rumo a um programa de pesquisa alternativo
metadata.dc.creator: Xavier, Luís Eugenio de Menezes
Keywords: Núcleo duro; Hipóteses auxiliares; Informações imperfeitas; Informações assimétricas; Incerteza da qualidade; Heterogeneidade dos bens; Incerteza comportamental; Economia relacional; Comportamentos oportunistas; Risco morao; Seleção adversa; Ótimo de Pareto.
Issue Date: 30-May-2012
Abstract: Este trabalho tem por objetivo discutir o surgimento de um programa de pesquisa na Ciência Econômica, no que concerne a análise das assimetrias de informação, as diferenças epistemológicas e as implicações em termos de equilíbrio ótimo de Pareto, em contraponto à abordagem neoclássica standard. Em busca de tal objetivo, foi necessário destacar o método de ambos os paradigmas; todavia, era igualmente necessário discutir a filosofia/epistemologia da ciência envolvida e que serviria de base para uma abordagem relacionada a mudanças paradigmáticas na ciência. No capítulo 1, discutimos a epistemologia da ciência, a partir de três autores: Popper, Kuhn e Lakatos. Definimos o conjunto de hipóteses que podem ser associadas ao método empregado pela Escola Neoclássica, a partir da filosofia da ciência proposta por Lakatos. Em seguida, no capítulo 2, fizemos uma longa exposição do método neoclássico, definindo os axiomas inerentes às preferências bem-comportadas, apresentando algebricamente o equilíbrio geral walrasiano, exemplificando o relaxamento de hipóteses auxiliares do modelo neoclássico a partir de Friedman e, por fim, aplicando o instrumental neoclássico ao relaxamento da hipótese auxiliar de perfeição da informação, a partir do modelo desenvolvido por Grossman & Stiglitz (1976), bem como da expansão matemática desenvolvida pelo presente trabalho. Finalmente, encerramos a presente dissertação com o capítulo 3, no qual, basicamente, expomos as principais contribuições de autores como Stiglitz, Akerlof e Arrow, no que concerne a mercados permeados por informações assimétricas e comportamentos oportunistas. Procuramos mostrar as consequências para o próprio mercado, chegando a resultados em que o mesmo era extinto. Apresentamos a segunda parte do modelo de Grossman & Stiglitz, enfatizando a natureza imperfeita do sistema de preços, sua incapacidade de transmitir todas as informações sobre os bens ao conjunto dos agentes, e, por fim, discutimos tópicos variados ligados à Economia da Informação.
This work aims to discuss the emergence of a research program in Economic Science, concerning the analysis of information asymmetries, the differences and epistemological implications of Pareto optimal equilibrium, in contrast to the standard neoclassical approach. In pursuit of this goal, it was necessary to highlight the method of both paradigms, yet it was also necessary to discuss the philosophy/epistemology of science involved and which serve as the basis for an approach related to paradigm shifts in science. In chapter 1 we discussed the epistemology of science, from three authors: Popper, Kuhn and Lakatos. We defined the set of hypotheses that can be associated with the method employed by the neoclassical school, from the philosophy of science proposed by Lakatos. Then, in chapter 2, we did a long exposure of the neoclassical method, setting axioms inherent in well-behaved preferences, presenting algebraically the Walrasian general equilibrium, illustrating relaxation of auxiliary hypotheses of the neoclassical model from Friedman and, finally, applying the neoclassical instrumental to the relaxation of auxiliary hypotheses of completeness of information from the model developed by Grossman & Stiglitz (1976) and developed by mathematical expansion of this work. Finally, we close this dissertation with chapter 3, which basically lays out the major contributions of authors such as Stiglitz, Akerlof and Arrow, with respect to markets permeated by asymmetric information and opportunistic behavior. We show the consequences for the market itself, reaching results in which it was extinguished. Here is the second part of the model of Grossman & Stiglitz, emphasizing the imperfect nature of the price system, their inability to convey all the information about the goods to all agents, and, finally, we discussed various topics related to the Economics of Information.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/1441
Appears in Collections:PPGECO - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
A economia da informação rumo a um programa de pesquisa.pdf829.38 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons